• Pesquisar
  • Categorias

Seguros afectados pela crise

Numa economia está tudo interligado e se a crise afecta o sector automóvel, por exemplo, é natural que os seguros auto também sejam afectados. No entanto, como a crise é também uma oportunidade, outros seguros ganham importância, como é o caso do seguro de saúde.

Os cookies permitem-nos optimizar os nossos serviços. Ao utilizar o nosso site, concorda com a nossa política de utilização de cookies. Saiba mais.

Sim, aceito.

Crise afecta os seguros

Seguros afectados pela crise

 

A queda do sector automóvel levou consigo o sector dos seguros automóveis, no entanto, por outro lado, a crise contribuiu para uma mudança de hábitos e para mais adesões aos seguros de saúde, por exemplo.

Com o aumento das taxas moderadoras e os preços do Serviço Nacional de Saúde a ficarem igualados ao praticado no privado, os portugueses começam a encarar o seguro de saúde como uma alternativa.

As seguradoras reinventam-se e ao encontrarem uma oportunidade de negócio, aproveitam para lançar novos produtos, nomeadamente, a Victoria que devolve 25% do prémio aos clientes que, durante um ano, não precisem de comparticipação de despesas.

Ou a Multicare que tem uma nova cobertura, a de Protecção ao Pagamento dos Prémios de Seguro, que tem a particularidade de os segurados poderem beneficiar do seguro mesmo em caso de desemprego.

Já no seguro automóvel, a solução passa por cativar os clientes com promoções, descontos. 

Na área da poupança, a luta é um pouco perdida porque são os bancos os principais agentes de produtos financeiros, os quais estão a canalizar as poupanças para os depósitos a prazo, já que essa é a sua necessidade, e não para os PPR - Plano Poupança Reforma.

 

Estimado usuário, por favor verifique a sua situação económica antes de assumir qualquer compromisso com os nossos parceiros. O Meu Portal Financeiro apenas disponibiliza e actualiza informação financeira, não sendo responsável pelos produtos apresentados. O conteúdo está actualizado até à data mostrada em cada página. Se quiser fazer alguma actualização, por favor envie-nos a sua sugestão para: [email protected]