• Pesquisar
  • Categorias

Novas medidas para acabar com falta de pagamento de indemnizações

Nova medida tem como objectivo acabar com falta de pagamento de indemnizações pelo facto dos beneficiários não reclamarem.

Os cookies permitem-nos optimizar os nossos serviços. Ao utilizar o nosso site, concorda com a nossa política de utilização de cookies. Saiba mais.

Sim, aceito.

Como saber se sou beneficiário de um seguro de vida?

Novas medidas para acabar com falta de pagamento de indemnizações

Era bastante comum, até 2008, os beneficiários não receberem indemnizações depois da morte do titular do seguro de vida, porque as seguradoras não eram obrigadas a avisar os beneficiários ou se o fizessem era muito comum os dados já não estarem actualizados.

 

Instituto dos Seguros de Portugal (ISP) armazena todos os dados

 

Na altura da contratação do seguro de vida, as companhias de seguro têm que pedir vários dados acerca dos beneficiários. Esses dados são fornecidos ao Instituto de Seguros de Portugal – ISP – que tem uma base de dados onde tem o registo electrónico com todos os dados da Pessoa Segura:

 

  • companhia;
  • tipo de contrato;
  • nome;
  • morada;
  • número do bilhete de identidade;
  • contribuinte dos beneficiários;

 

O segurado pode sempre que quiser aceder ao site do ISP e verificar os dados e se necessário solicitar junto da sua seguradora, alteração ou correcção dos seus dados e dos seus beneficiários.

 

Além disso, as seguradoras têm que contactar os beneficiários em caso de morte do titular de um seguro de vida e acidentes pessoais, para lhes dar conhecimento do direito a receber a respectiva indemnização.

 

Basta preencher o fomulário do ISP

 

Para confirmar se é beneficiário de algum seguro de vida ou seguro de acidentes pessoais ou até seguros de capitalização, pode preencher o formulário on-line no site do Instituto de Seguros de Portugal.

 

Preencha e assine o formulário e envie junto com cópia autenticada do seu bilhete de identidade e certidão de óbito do segurado ou declaração de morte presumida, no caso de desaparecimento, por correio para Serviço de Atendimento ao Público do Instituto de Seguros de Portugal, Av. da República, n.º 76 - R/C, 1600-205 Lisboa.

 

Num prazo de 10 dias úteis, o ISP responde emitindo um certificado onde indica se é ou não beneficiário de um seguro. No caso de o Segurado ter solicitado confidencialidade, só irá saber a que seguradora se dirigir para confirmar se é ou não beneficiário de algum contrato de seguro de vida.

 

Esta informações vêm acabar com situações em que as indemnizações não foram pagas porque os beneficiários não reclamaram tais valores por não terem conhecimento que eram beneficiários em contratos de seguro. Esta medida foi um grande passo para responder a reivindicações das associações de defesa do consumidor, no que respeita aos direitos de herança de produtos financeiros.


Leia também:

Vale a pena fazer um seguro de vida? »

Vantagens de um seguro de vida »

Estimado usuário, por favor verifique a sua situação económica antes de assumir qualquer compromisso com os nossos parceiros. O Meu Portal Financeiro apenas disponibiliza e actualiza informação financeira, não sendo responsável pelos produtos apresentados. O conteúdo está actualizado até à data mostrada em cada página. Se quiser fazer alguma actualização, por favor envie-nos a sua sugestão para: [email protected]