• Pesquisar
  • Categorias

Acidentes no trabalho continuam a aumentar

Os acidentes de trabalho continuam a aumentar e as quedas parecem ser a principal causa de morte

Os cookies permitem-nos optimizar os nossos serviços. Ao utilizar o nosso site, concorda com a nossa política de utilização de cookies. Saiba mais.

Sim, aceito.

26 Acidentes de trabalho por hora

Acidentes no trabalho continuam a aumentar

Não se assuste com as estatísticas de 26 acidentes por hora, até porque tal não significa que todos sejam graves.

Em média cada acidente tem o custo de 1535 euros, valor este que tem vindo a subir, apesar do número de incidentes ter diminuido pelo menos 6,3% no ano passado.

As quedas representam 41% dos acidentes mortais. Já as doenças músculo-esqueléticas são as que mais causam incapacidades e baixas.

Existe uma diferença significativa entre os dados das seguradoras e da Autoridade para as Condições do Trabalho, isto porque nem todos os acidentes são de notificação obrigatória.

A maioria dos acidentes são decorrentes de esforço excessivo e posições incorrectas no decurso das tarefas. Outro dano profissional bastante comum é a surdez, devido aos elevados níveis de ruído, sendo esta a 2ª doença mais participada ao Centro Nacional de Protecção contra os riscos profissionais.

Nesta última década, as dez principais causas de acidente variaram bastante, mas as quedas ocupam um lugar de destaque. Por exemplo, as reacções a produtos quimicos e biológicos estão no 4º lugar e de seguida surgem os acidentes rodoviários no horário de trabalho, que também são considerados acidentes de trabalho.

Ainda existe muito a ideia que a segurança no trabalho é um luxo ou encargo adicional, o que não é verdade.Este tema e outros serão discutidos hoje no II Congresso de Acidentes de Trabalho e Rodoviários, organizado pelo Instituto Nacional de Medicina Legal (INML), Associação Portuguesa de Avaliação de Danos Corporais e Liberty Seguros.

Estimado usuário, por favor verifique a sua situação económica antes de assumir qualquer compromisso com os nossos parceiros. O Meu Portal Financeiro apenas disponibiliza e actualiza informação financeira, não sendo responsável pelos produtos apresentados. O conteúdo está actualizado até à data mostrada em cada página. Se quiser fazer alguma actualização, por favor envie-nos a sua sugestão para: [email protected]