• Pesquisar
  • Categorias
  • Registar
  • Login

Julgamento começa hoje!

Começou hoje em Espinho o julgamento de 46 pessoas que burlaram seguradoras com acidentes simulados

Os cookies permitem-nos optimizar os nossos serviços. Ao utilizar o nosso site, concorda com a nossa política de utilização de cookies. Saiba mais.

Sim, aceito.
Seguro Automóvel à medida do seu carro...e do seu bolso!

Seguro Automóvel à medida do seu carro...e do seu bolso!

Compare os melhores LowCost de Luxo. Grátis e sem compromisso.

Ao clicar concordo receber comunicações de marketing directo enviadas por meuportalfinanceiro.com e pelos nossos Parceiros
SIMULAR

Seguradoras enganadas

Julgamento começa hoje!

Árduo foi o trabalho da Polícia Judiciária (PJ) para descobrir este gangue de 46 pessoas que terão provocado 138 acidentes em 6 anos, conseguindo arrecadar 1 milhão de euros.

Supostamente, em algumas situações os acidentes eram combinados com os condutores das viaturas. Noutros casos, os burlões provocavam acidentes com condutores que não tinham qualquer conhecimento que estavam a participar de uma fraude.

De forma a não haverem dúvidas quanto à responsabilidade dos condutores, os locais eram inicialmente definidos. Além disso, os veículos eram preparados com peças danificadas, para que a Seguradora pagasse a reparação.

Apesar do julgamento começar hoje, o cabecilha do grupo está foragido da polícia há 2 anos. Este individuo de 39 anos, proprietário de uma oficina de reparações de automóveis, em Lobão, concelho de Santa Maria da Feira, na sequência da investigação, ficou obrigado pelo juiz a apresentar-se três vezes por semana no posto da GNR, no entanto, deixou de o fazer em Dezembro de 2008, não sendo conhecido o seu paradeiro.

Das 46 pessoas acusadas de simulação de acidentes entre 2000 e 2006, são considerados mais 2 cabecilhas do grupo, um proprietário de uma oficina em Caldas de S. Jorge e um funcionário de um stand de automóveis da Feira.

Entre as Seguradoras lesadas, que exigem ser indemnizadas por esta situação, encontram-se a  Fidelidade Mundial, a Liberty e a Lusitânia; que reclamam que este tipo de comportamento é cada vez mais comum. Ora porque a pessoa danifica a viatura ainda mais após o acidente e depois manda para reparação apresentando uma factura de valor superior ou então existem estas redes que simulam acidentes; o certo é que as burlas no seguro automóvel estão em crescimento.

Por estes motivos é que as companhias de seguros, cada vez mais investem nas àreas de peritagem e reconstituição de acidentes de forma a evitar este comportamento fraudulento, fazendo uma investigação minuciosa dos acidentes rodoviários.

 

Maria Garcês
seguradoras enganadas - Dúvidas e Questões

Maria Garcês Comentado há 7 days 5 months 2 years

Partilhe com a comunidade do Meu Portal Financeiro as suas dúvidas ou opinião.

Receber notificações por email sobres deste tópico?

» Comentar agora! »

Outras respostas: (0)

Estimado usuário, por favor verifique a sua situação económica antes de assumir qualquer compromisso com os nossos parceiros. O Meu Portal Financeiro apenas disponibiliza e actualiza informação financeira, não sendo responsável pelos produtos apresentados. O conteúdo está actualizado até à data mostrada em cada página. Se quiser fazer alguma actualização, por favor envie-nos a sua sugestão para: info@meuportalfinanceiro.pt