• Pesquisar
  • Categorias
  • Registar
  • Login

Política de Salário Mínimo na Europa é muito diferente entre os vários país

Antes das eleições temos promessas políticas. Está aberta a discussão em torno do salário mínimo nacional e será provável um pequeno aumento

Os cookies permitem-nos optimizar os nossos serviços. Ao utilizar o nosso site, concorda com a nossa política de utilização de cookies. Saiba mais.

Sim, aceito.
Não perca a actualidade da Diário Económico em Portugal!

Não perca a actualidade da Diário Económico em Portugal!

Conheça a Diário Económico e financeira nacional com notícias e artigos financeiros.

Ao clicar concordo receber comunicações de marketing directo enviadas por meuportalfinanceiro.com
NewsLetter

Salário Mínimo na União Europeia

Política de Salário Mínimo na Europa é muito diferente entre os vários país
  • Salário não sobe desde 2011
  • Portugal está a meio da tabela face aos restantes países na Europa
A discussão e torno do salário mínimo é uma discussão que costuma ser muito acesa em Portugal. Vários partidos políticos e sindicatos procuram levar ao aumento do salário mínimo nacional, mesmo que este aumento em nada tenha a ver com os níveis de produtividade.

Como é sabido, desde 2011 que o salário mínimo em Portugal não tem saído dos 485€, salário que é válido para aproximadamente 11.7% dos trabalhadores portugueses (segundo dados do Gabinete de Estratégia e Estudos do Ministério da Economia).

Está aberta a porta a novos aumentos!


Aproximando-se as eleições, primeiro as Europeias e depois as Legislativas, é tempo de tentar convencer os portugueses pelo que não irão certamente faltar propostas eleitoralistas. Uma destas propostas (ou abertura para tal) é agora a possibilidade de vir a ser revisto em alta o salário mínimo.

Se compararmos Portugal com os restantes países da Europa, podemos constatar que Portugal aparece mais ou menos a meio da tabela. Destaque para alguns países:

Luxemburgo: Um país como uma reduzida dimensão mas que é aquele que tem o salário mínimo mais elevado (1.921€). Um país muito focado no setor financeiro e "casa" ou "paraíso fiscal" para muitos fundos de investimento;

Bélgica e Holanda com salário mínimos perto de 1.500€;

Irlanda: O primeiro país a sair do programa de intervenção dos nossos parceiros da Troika, tem um salário mínimo de 1.462€. Não esquecer que a Irlanda é um país muito amigo das empresas e sede fiscal das maiores multinacionais;

Espanha: Um dos outros países em "crise" onde o salário mínimo é de 752€. De notar a elevada taxa de desemprego em Espanha;

Outros países como a Bulgária, Roménia ou Lituânia com salários baixos (de 174€ a 289€).

O salário mínimo é uma arma política e pode ser indicador de algum nível de desenvolvimento do país. No entanto, não será de afastar a discussão do salário mínimo de uma outra em torno da produtividade dos trabalhadores.

Maria Garcês
salário Mínimo na União Europeia - Dúvidas e Questões

Maria Garcês Comentado há 19 days 4 months 3 years

Partilhe com a comunidade do Meu Portal Financeiro as suas dúvidas ou opinião.

Receber notificações por email sobres deste tópico?

» Comentar agora! »

Outras respostas: (0)

Estimado usuário, por favor verifique a sua situação económica antes de assumir qualquer compromisso com os nossos parceiros. O Meu Portal Financeiro apenas disponibiliza e actualiza informação financeira, não sendo responsável pelos produtos apresentados. O conteúdo está actualizado até à data mostrada em cada página. Se quiser fazer alguma actualização, por favor envie-nos a sua sugestão para: info@meuportalfinanceiro.pt