• Pesquisar
  • Categorias
  • Registar
  • Login

Os cookies permitem-nos optimizar os nossos serviços. Ao utilizar o nosso site, concorda com a nossa política de utilização de cookies. Saiba mais.

Sim, aceito.
Não perca a actualidade da Diário Económico em Portugal!

Não perca a actualidade da Diário Económico em Portugal!

Conheça a Diário Económico e financeira nacional com notícias e artigos financeiros.

Ao clicar concordo receber comunicações de marketing directo enviadas por meuportalfinanceiro.com
NewsLetter

O que precisa saber sobre o pagamento em duodécimos

Privado tem até sábado para dizer não aos subsídios parcelados

 

Segundo o Governo, o objectivo dos duodécimos é “minimizar o impacto da carga fiscal" nas famílias portuguesas. Se assim entenderem os trabalhadores do sector privado poderão receber “a antecipação do recebimento, em duodécimos, de 50% dos subsídios de Natal e de férias".

 

 

A verdade é que ao final do mês temos uma agradável surpresa...um presente envenenado, uma vez que o aumento do poder de compra é apenas ilusório. E quanto mais ilusório quanto for o rendimento. Para quem receber mais de 2700 euros por mês pode contar com mais cerca de 200 euros; já um trabalhador com rendimento líquido mensal de pouco mais de 600 euros, tem mais 50 euros na sua conta ao final do mês. No entanto, chegada à altura de receber o subsídio, apenas recebem metade de cada um dos subsídios.

 

 

Não quero receber duodécimos. O que faço?

 

Formalize o seu pedido de forma escrita. Lembre-se que sábado termina o prazo.  Já se pretende receber em duodécimos, não precisa fazer nada. A empresa é obrigada, por defeito, a pagar os subsídios de forma parcelada. Apenas os trabalhadores que não querem receber os duodécimos devem informar a entidade patronal. Já agora, saiba que o trabalhador fica vinculado a esta escolha e não se pode “arrepender” depois.

 

 

Maria Garcês
o que precisa saber sobre o pagamento em duodécimos - Dúvidas e Questões

Maria Garcês Comentado há 11 days 5 months 2 years

Partilhe com a comunidade do Meu Portal Financeiro as suas dúvidas ou opinião.

Receber notificações por email sobres deste tópico?

» Comentar agora! »

Outras respostas: (0)

Estimado usuário, por favor verifique a sua situação económica antes de assumir qualquer compromisso com os nossos parceiros. O Meu Portal Financeiro apenas disponibiliza e actualiza informação financeira, não sendo responsável pelos produtos apresentados. O conteúdo está actualizado até à data mostrada em cada página. Se quiser fazer alguma actualização, por favor envie-nos a sua sugestão para: info@meuportalfinanceiro.pt