• Pesquisar
  • Categorias
  • Registar
  • Login

IEFP regista um decréscimo de 8.3% de desempregados em Abril

Os números de desemprego já foram conhecidos. Os Centros de Emprego assinalaram uma diminuição do número de desempregados inscritos, situando-se este número nos 668.023 em Abril de 2014, menos 8,3% face ao mesmo mês do ano passado.

Os cookies permitem-nos optimizar os nossos serviços. Ao utilizar o nosso site, concorda com a nossa política de utilização de cookies. Saiba mais.

Sim, aceito.
Não perca a actualidade da Diário Económico em Portugal!

Não perca a actualidade da Diário Económico em Portugal!

Conheça a Diário Económico e financeira nacional com notícias e artigos financeiros.

Ao clicar concordo receber comunicações de marketing directo enviadas por meuportalfinanceiro.com
NewsLetter

Menos 8.3% de desempregados no mês de Abril

IEFP regista um decréscimo de 8.3% de desempregados em Abril
  • Queda de 8.3% do número de inscritos nos Centros de Emprego em Abril
  • Diminuição de desempregados é transversal a todas as regiões do país
Após vários anos de austeridade e de contenção de custos, a economia portuguesa começa a dar alguns sinais de alento. A riqueza gerada no país vai crescendo ligeiramente e os números de desemprego começam a mostrar uma ligeira recuperação.

De acordo com os dados fornecidos pelo Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP), em Abril deste ano o número de desempregados inscritos nos centros de emprego situa-se nos 668.023, demonstrando assim uma queda de 8,3%, equiparando com os dados relativos ao mesmo mês do ano de 2013.   

Por outro lado, e face a Março deste ano, a queda foi de 3,2%, ou seja, menos 21.802 desempregados inscritos.   

A referida queda anual ocorreu independentemente do sexo. Tanto nos homens (-9,6%) como nas mulheres (-7,0%) a taxa registou uma queda. Por idade, a diminuição destes números também foi favorável. Nos jovens até 25 anos a queda foi de 5,3% e nos adultos de 8,7%.   

No que respeita à duração do desemprego, o número de desempregados inscritos há menos de um ano caiu 16,8% em Abril comparativamente ao mesmo período de 2013, enquanto o número de desempregados de longa duração (isto é, inscritos há um ano ou mais) aumentou 2,6%. 

Por regiões, o IEFP indica que a taxa de desemprego caiu em todas as regiões, quer no Continente como nas Regiões Autónomas. No entanto, é nas regiões do Algarve e do Alentejo que se verifica a maior queda: -16,6% e -13,5%, respectivamente.   

É sabido que o desemprego é um dos maiores flagelos da crise económica e é fundamental reduzir estruturalmente esta situação. O número de desempregados aumentou para níveis nunca antes vistos.  

Empregadores e empregados têm de contribuir para esta melhoria, sendo mais produtivos e reinvestindo os lucros. E porque não criar o seu próprio emprego? Se quiser ideias para financiar pequenos projetos existem várias!


Leia também
DEO »
Agêncais de Rating mais otimistas quanto a Portugal »
Maria Garcês
menos 8.3% de desempregados no mês de Abril - Dúvidas e Questões

Maria Garcês Comentado há 8 days 5 months 2 years

Partilhe com a comunidade do Meu Portal Financeiro as suas dúvidas ou opinião.

Receber notificações por email sobres deste tópico?

» Comentar agora! »

Outras respostas: (0)

Estimado usuário, por favor verifique a sua situação económica antes de assumir qualquer compromisso com os nossos parceiros. O Meu Portal Financeiro apenas disponibiliza e actualiza informação financeira, não sendo responsável pelos produtos apresentados. O conteúdo está actualizado até à data mostrada em cada página. Se quiser fazer alguma actualização, por favor envie-nos a sua sugestão para: info@meuportalfinanceiro.pt