• Pesquisar
  • Categorias
  • Registar
  • Login

Setembro marca viragem para o crédito pessoal

As instituições bancárias e de crédito terão, a partir de setembro, um limite para a aplicação de juros de mora e de comissões por incumprimento do crédito pessoal. 

Os cookies permitem-nos optimizar os nossos serviços. Ao utilizar o nosso site, concorda com a nossa política de utilização de cookies. Saiba mais.

Sim, aceito.
Simulação das melhores taxas para Crédito Pessoal!

Simulação das melhores taxas para Crédito Pessoal!

Em menos de 1 minuto, gratuito e sem compromisso.

12
96

Ao clicar concordo receber comunicações de marketing directo enviadas por meuportalfinanceiro.com e pelos nossos Parceiros
SIMULAR

Crédito pessoal: Incumprimento com menos encargos a partir de setembro

Setembro marca viragem para o crédito pessoal
  • Um novo fôlego para quem tem tido dificuldades em pagar o seu crédito pessoal.

A partir de setembro, os bancos e instituições de crédito só poderão cobrar uma taxa de 4% por cada prestação do seu crédito pessoal em atraso. Isto significa que só poderá aplicar um mínimo de 12 euros e um máximo de 150 euros, dependendo do valor da sua prestação mensal.

 

Hoje, o que se verifica é a inexistência de limites de cobrança de comissões por incumprimento do crédito pessoal e isso significa que os clientes com prestações em atraso podem ter que pagar vários encargos pelo atraso.

 

Os juros de mora são limitados a uma taxa anual de 3%, mas na prática uma taxa de juro nominal de 10% passa a ser de 13% enquanto decorre o período de pagamento em atraso.

 

Mas as boas noticias não ficam por aqui. A taxa de juro do crédito pessoal pode ser aplicada uma única vez, ao invés do que acontece até aqui, que esta taxa poderia ser aplicada várias vezes por cada prestação em atraso.

 

No caso da penalização pelo incumprimento do crédito pessoal, deixa de ser possível haver a capitalização a não ser que exista uma consolidação ou reestruturação dos seus créditos.

 

A má noticia? Estas medidas serão apenas válidas para contratos de crédito pessoal celebrados após setembro. No entanto, os contratos anteriores a setembro que entrem em incumprimento depois desta data serão também abrangidos.

 

Em todo o caso, a medida é bastante positiva e poderá significar um alívio para quem atravesse um mau momento financeiro e não consiga cumprir com as obrigações do seu crédito pessoal.

 

Simule gratuitamente um crédito pessoal. »  

 

 

Maria Garcês
crédito pessoal: Incumprimento com menos encargos a partir de setembro - Dúvidas e Questões

Maria Garcês Comentado há 10 days 5 months 2 years

Partilhe com a comunidade do Meu Portal Financeiro as suas dúvidas ou opinião.

Receber notificações por email sobres deste tópico?

» Comentar agora! »

Outras respostas: (0)

Estimado usuário, por favor verifique a sua situação económica antes de assumir qualquer compromisso com os nossos parceiros. O Meu Portal Financeiro apenas disponibiliza e actualiza informação financeira, não sendo responsável pelos produtos apresentados. O conteúdo está actualizado até à data mostrada em cada página. Se quiser fazer alguma actualização, por favor envie-nos a sua sugestão para: info@meuportalfinanceiro.pt