Aguarde por favor...
A página está a ser carregada.

loading
  • Pesquisar
  • Categorias
  • Registar
  • Login

IRS: Tabelas para 2014

As tabelas de retenção de IRS para 2014 já foram publicadas em Diário da República. Conheça-as e saiba qual o seu impacto nos salários dos portugueses.

Os cookies permitem-nos optimizar os nossos serviços. Ao utilizar o nosso site, concorda com a nossa política de utilização de cookies. Saiba mais.

Sim, aceito.
Simulação das melhores taxas para Crédito Pessoal!

Simulação das melhores taxas para Crédito Pessoal!

Em menos de 1 minuto, gratuito e sem compromisso.

17
96

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por meuportalfinanceiro.com e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão partilhados com os nossos Parceiros.
SIMULAR

Tabelas de IRS 2014

IRS: Tabelas para 2014
  • As tabelas de IRS incidem diretamente sob o seu ordenado.

Tabelas IRS para 2014


As tabelas de IRS para 2014 têm um impacto significativo nos salários dos trabalhadores, quer do público, quer do privado.

No entanto, estes impactos serão minimizados no caso dos trabalhadores que adiram ao pagamento dos subsídios de férias e natal ao longo de todo o ano, ou seja, em duodécimos.

Com a aprovação do Orçamento de Estado para 2014, os números são já reais. 

Conheça agora as tabelas de IRS para 2014, publicadas recentemente em Diário da Republica.

Exemplos práticos para o IRS 2014


Com exemplos práticos acabamos por entender melhor o impacto destas tabelas de retenção na fonte no salário líquido dos trabalhadores portugueses e é precisamente esses exemplos que lhe apresentamos agora.

- Um trabalhador do setor privado, solteiro e sem dependentes, com um salário base de 830€ e um subsídio de refeição de 5,05€/dia, aplicando os duodécimos, tem direito a uma remuneração bruta de 1010,27€. No entanto, depois de tributados os 11% à segurança social, os 11% de IRS e a sobretaxa, passará a receber 802,05€ líquidos.

- Um trabalhador da função pública, casado e sem dependentes, com um salário base de 700€ e 4,27€ de subsídio de refeição, receberia, em bruto, 852,27€, já com duodécimos. Aplicadas todas as taxas de IRS, Segurança Social e Sobretaxa, este trabalhador passa a receber um salário líquido de 697,77€.

- Para um trabalhador do privado, casado e com dois filhos, que receba 1000 de salário base e tenha um subsídio de refeição de 5€ recebido em vales de refeição a perda será de cerca de 265.20€ por mês, passando a receber 928,13€, depois de aplicadas todas as taxas.

Perguntas e Respostas


Fomos à procura de algumas das maiores dúvidas dos contribuintes, agora que já são conhecidas as tabelas de IRS para 2014:

P. A taxa de IRS, em Portugal, é muito alta?

R. Tendo em conta as tabelas de IRS para 2014, existem trabalhadores com uma taxa na ordem dos 60%. Ou seja, os trabalhadores com rendimentos mais altos têm uma taxa de IRS de 48%, mas a verdade é que com a sobretaxa aplicada e a contribuição extraordinária, essa taxa passa para 56,5%.

P. Quem paga mais impostos?

R. Todos os contribuintes estão a descontar mais, ou seja, a pagar mais impostas. No entanto, o IRS e o IVA representam 65% das receitas do Estado.

P. O aumento de desemprego significa menos receita por via do IRS?

R. Não necessariamente até porque a grande maioria dos desempregados estava isento de IRS por auferir remunerações muito baixas. Aliás, prevê-se que um aumento de IRS na ordem dos 23%.

No entanto, o aumento do desemprego terá efeitos graves ao nível da Segurança Social.

Leia também:
Maria Garcês
tabelas de IRS 2014 - Dúvidas e Questões

Maria Garcês Comentado há 20 days 3 months

Partilhe com a comunidade do Meu Portal Financeiro as suas dúvidas ou opinião.

Receber notificações por email sobres deste tópico?

» Comentar agora! »

Melhor resposta:

Anónimo

AnónimoResposta há 20 days 9 months

Só é pena que tenham usado e ligado as tabelas de... 2013...

Receber notificações por email sobres deste tópico?

» Comentar agora! »

Outras respostas: (1)

Anónimo

AnónimoResposta há 20 days 9 months

Só é pena que tenham usado e ligado as tabelas de... 2013...

Receber notificações por email sobres deste tópico?

» Comentar agora! »

Estimado usuário, por favor verifique a sua situação económica antes de assumir qualquer compromisso com os nossos parceiros. O Meu Portal Financeiro apenas disponibiliza e actualiza informação financeira, não sendo responsável pelos produtos apresentados. O conteúdo está actualizado até à data mostrada em cada página. Se quiser fazer alguma actualização, por favor envie-nos a sua sugestão para: info@meuportalfinanceiro.pt