• Pesquisar
  • Categorias
  • Registar
  • Login

Recibos verdes: Taxas de retenção na fonte

É trabalhador a recibos verdes e ainda não conhece as novas regras de retenção na fonte? Saiba tudo, no Meu Portal Financeiro.

Os cookies permitem-nos optimizar os nossos serviços. Ao utilizar o nosso site, concorda com a nossa política de utilização de cookies. Saiba mais.

Sim, aceito.
Procura Instituições de confiança?

Procura Instituições de confiança?

Encontre as soluções mais competitivas no mercado prestadas por Instituições de prestígio em Portugal.

Ao clicar concordo receber comunicações de marketing directo enviadas por meuportalfinanceiro.com
Saber mais

Retenção na Fonte nos Recibos Verdes

Recibos verdes: Taxas de retenção na fonte
  • Não perca pitada, fique a par do que passa no regime fiscal.
As taxas de retenção na fonte para trabalhadores a recibos verdes aumentaram em 2013 e mantêm-se em 2014.

Conheça as taxas de retenção na fonte e saiba com o que pode contar.

Recibos Verdes: Novas taxas de retenção na fonte


- Rendimentos de médicos, advogados, arquitetos e outros trabalhadores liberais: 25%
- Trabalhadores independentes não previstos na tabela de atividade (atos isolados e outros recibos verdes): 11,5%
- Rendimentos de Propriedade Industrial, Intelectual ou Investigação para setores comerciais, industriais ou científicos: 16,5%

Outras alterações


- Rendimentos anuais inferiores a 10 mil euros: Pode não fazer retenção na fonte
- Rendimentos ilíquidos de mais de 10 mil euros: Liquidação de IVA obrigatória
- Recibos verdes com contabilidade organizada: Liquidação de IVA obrigatória

O que mudou, afinal?

Acabou a retenção única de 20%, aplicada a trabalhadores por contra de outrem e recibos verdes.

Taxa contributiva dos recibos verdes


A taxa contributiva para recibos verdes é de 29,6%

Para recibos verdes com contabilidade organizada, a taxa contributiva é calcula com base nos rendimentos declarados.

- Pagamento
O pagamento terá que ser feito entre o dia 1 e o dia 20 do mês seguinte ao pagamento.

- Declaração
Terá de ser entregue uma declaração anual de atividade com a identificação de todas as entidades beneficiárias da prestação de serviços, até dia 15 de Fevereiro do ano seguinte às mesmas prestações.

Caso a prestação de serviços seja feita, maioritariamente, a uma só empresa, essa entidade terá que suportar 5% do valor total dos serviços do trabalhador independente.
Maria Garcês
retenção na Fonte nos Recibos Verdes - Dúvidas e Questões

Maria Garcês Comentado há 20 days 4 months 3 years

Partilhe com a comunidade do Meu Portal Financeiro as suas dúvidas ou opinião.

Receber notificações por email sobres deste tópico?

» Comentar agora! »

Melhor resposta:

Anónimo

AnónimoResposta há 3 days 6 months 3 years

Sou trabalhadora independente, os valores dos meus recibos, raramente ultrapassam os 600 euros,não faço retenção na fonte, mas claro que agora no irs vou levar uma batelada..como é que eu posso calcular a retenção na fonte para poder por de parte esse valor, e não ser tão dolorosa depois no irs?

Receber notificações por email sobres deste tópico?

» Comentar agora! »

Outras respostas: (1)

Anónimo

AnónimoResposta há 3 days 6 months 3 years

Sou trabalhadora independente, os valores dos meus recibos, raramente ultrapassam os 600 euros,não faço retenção na fonte, mas claro que agora no irs vou levar uma batelada..como é que eu posso calcular a retenção na fonte para poder por de parte esse valor, e não ser tão dolorosa depois no irs?

Receber notificações por email sobres deste tópico?

» Comentar agora! »

Estimado usuário, por favor verifique a sua situação económica antes de assumir qualquer compromisso com os nossos parceiros. O Meu Portal Financeiro apenas disponibiliza e actualiza informação financeira, não sendo responsável pelos produtos apresentados. O conteúdo está actualizado até à data mostrada em cada página. Se quiser fazer alguma actualização, por favor envie-nos a sua sugestão para: info@meuportalfinanceiro.pt