• Pesquisar
  • Categorias
  • Registar
  • Login

26 milhões de euros por entregar

São cerca de 26 milhões de euros o valor total em indemnizações exigido, no decorrer de acções judiciais movidas por pacientes. Estamos a falar de cerca de 2/3 dos serviços públicos dos quais os doentes apresentaram queixa em tribunal.

Os cookies permitem-nos optimizar os nossos serviços. Ao utilizar o nosso site, concorda com a nossa política de utilização de cookies. Saiba mais.

Sim, aceito.
Seguro Automóvel à medida do seu carro...e do seu bolso!

Seguro Automóvel à medida do seu carro...e do seu bolso!

Compare os melhores LowCost de Luxo. Grátis e sem compromisso.

Ao clicar concordo receber comunicações de marketing directo enviadas por meuportalfinanceiro.com e pelos nossos Parceiros
SIMULAR

SNS enfrenta pedidos de indemnização

26 milhões de euros por entregar

No decorrer de uma auditoria levada a cabo pela Inspecção-Geral das Actividades em Saúde (IGAS) no sentido de fiscalizar erros médicos e processos judiciais por fraca assistência médica, foram detectados quase 140 casos de pedidos de indemnização e processos em tribunal.No total são mais de 26 milhões de euros de indemnizações exigidas em 2010, em que 80% deste valor é proveniente de 19 hospitais e especialmente os do litoral reúnem o maior número de queixas.As principais queixas são relativamente às especialidades de Cirurgia, Ortopedia, Obstetrícia e Medicina Interna e referem-se a erros médicos que tiveram como resultado lacerações acidentais; traumas de nascimento, inclusivé para o recém-nascido; infecções e reacções a transfusões de sangue; complicações nas anestesias, erros na prescrição de medicamentos, etc.A Direcção-Geral de Saúde (DGS) já há algum tempo que revela a vontade de criar equipas de forma a desenvolver um sistema a nível nacional de notificação de erros médicos, mas para já não há desenvolvimentos.A nível de prevenção do erro, o trabalho é ainda muito limitado, o que foi comprovado quando o IGAS detectou que apenas 1/3 dos hospitais abordados tem um sistema informático de alerta e prevenção dos riscos decorrentes de uma assistência médica. A nível de seguros, apenas uma baixissíma percentagem dos hospitais pertencentes ao SNS - Serviço nacional de Saúde afirmaram ter um seguro de responsabilidade civil profissional. Outro valor que mostra expressamente a fraca prevenção do erro é que apenas 1/6 dos médicos têm a título pessoal um seguro de responsabilidade profissional.

Maria Garcês
sNS enfrenta pedidos de indemnização - Dúvidas e Questões

Maria Garcês Comentado há 7 days 5 months 2 years

Partilhe com a comunidade do Meu Portal Financeiro as suas dúvidas ou opinião.

Receber notificações por email sobres deste tópico?

» Comentar agora! »

Outras respostas: (0)

Estimado usuário, por favor verifique a sua situação económica antes de assumir qualquer compromisso com os nossos parceiros. O Meu Portal Financeiro apenas disponibiliza e actualiza informação financeira, não sendo responsável pelos produtos apresentados. O conteúdo está actualizado até à data mostrada em cada página. Se quiser fazer alguma actualização, por favor envie-nos a sua sugestão para: info@meuportalfinanceiro.pt