• Pesquisar
  • Categorias
  • Registar
  • Login

Não se deixe enganar e conheça todos os tipos de invalidez que existem

As seguradoras são cada vez mais criativas e anunciam vários tipos de invalidez, inclusive com percentagens diferentes, o que confunde o consumidor, que por desconhecer a diferença entre elas apenas tem como termo de comparação o preço. Conheça os tipos de invalidez existentes e não se deixe enganar. Saiba exactamente o que está a contratar.

Os cookies permitem-nos optimizar os nossos serviços. Ao utilizar o nosso site, concorda com a nossa política de utilização de cookies. Saiba mais.

Sim, aceito.
Encontre as melhores soluções do mercado em  Seguros!

Encontre as melhores soluções do mercado em Seguros!

Rápido » 100% gratuito » Sem compromisso »

Ao clicar concordo receber comunicações de marketing directo enviadas por meuportalfinanceiro.com e pelos nossos Parceiros
SIMULAR

Seguros de Vida – Vários tipos de invalidez

Não se deixe enganar e conheça todos os tipos de invalidez que existem

Fundamentalmente, existem dois tipos de invalidez, que passamos desde já a explicar a diferença existente entre ambas: 

Invalidez total e permanente:  A qual assegura o pagamento do capital, no caso do cliente no seguimento de doença ou acidente, ficar total e permanentemente incapacitado de exercer a sua profissão ou qualquer outra actividade remunerada compatível com as suas aptidões e conhecimentos. Além disso, essa incapacidade deve ser superior a 65%, de acordo com a tabela nacional de incapacidades e também deverá estar comprovada por um médico e ser permanente, ou seja, irreversível, sendo necessário constar essa indicação no comprovativo médico. Invalidez absoluta e definitiva:  Trata-se da incapacidade permanente e irreversível do segurado exercer qualquer actividade remunerada, tendo de recorrer à assistência contínua de uma terceira pessoa para os actos do dia-a-dia, como a higiene, alimentar-se, vestir-se.

Vendo assim, parece fácil distinguir a diferença entre os dois tipos de invalidez. O problema é que as seguradoras oferecem coberturas com designações diversas, o que dificulta a comparação de propostas e a percepção da apólice

Algumas seguradoras misturam os termos, ou seja, por exemplo, chamam invalidez total permanente e definitiva, ou então  invalidez total e permanente a 66,66 %, o que é ridículo e tornam-se obstáculos para os consumidores, que não sabem o que estão a contratar e como forma de comparação apenas utilizam o preço.

A DECO aconselha a cobertura de invalidez total e permanente, no caso de contratar o seguro de vida para efeitos de crédito habitação.

Além disso, a associação já alertou o Instituto de Seguros de Portugal, para que sejam definidas regras de transparência, de forma a serem utilizados termos claros, de fácil percepção para o consumidor, para que este tome a decisão de forma consciente.

Na altura de contratar um seguro de vida, esteja atento e se tiver dúvidas questione o seu mediador de seguros ou seguradora, para saber exactamente o que está a contratar.

 

Maria Garcês
seguros de Vida – Vários tipos de invalidez - Dúvidas e Questões

Maria Garcês Comentado há 23 days 3 years

Partilhe com a comunidade do Meu Portal Financeiro as suas dúvidas ou opinião.

Receber notificações por email sobres deste tópico?

» Comentar agora! »

Outras respostas: (0)

Estimado usuário, por favor verifique a sua situação económica antes de assumir qualquer compromisso com os nossos parceiros. O Meu Portal Financeiro apenas disponibiliza e actualiza informação financeira, não sendo responsável pelos produtos apresentados. O conteúdo está actualizado até à data mostrada em cada página. Se quiser fazer alguma actualização, por favor envie-nos a sua sugestão para: info@meuportalfinanceiro.pt