• Pesquisar
  • Categorias
  • Registar
  • Login

É possível renegociar o seu seguro automóvel para poder reduzir os seus custos.

Numa altura em que se procura poupar a todo o custo, há que rever contratos existentes para tentar poupar alguns trocos e o seguro automóvel não é excepção. Ainda mais numa altura em que os prémios estão mais caros não só devido às medidas de austeridade e a crise mas também os elevados níveis de sinistralidade. Mesmo assim consegue encontrar um produto que vá mais de encontro às suas necessidades e à sua carteira.

Os cookies permitem-nos optimizar os nossos serviços. Ao utilizar o nosso site, concorda com a nossa política de utilização de cookies. Saiba mais.

Sim, aceito.
Sistema de Alarmes para sua Casa

Sistema de Alarmes para sua Casa

Solicite o seu orçamento gratuito e proteja o que lhe é mais precioso

Ao clicar concordo receber comunicações de marketing directo enviadas por meuportalfinanceiro.pt e pelos nossos Parceiros
Enviar

Renegociar o seguro automóvel

É possível renegociar o seu seguro automóvel para poder reduzir os seus custos.

Às vezes permanecemos ligados à mesma seguradora quer para um seguro automóvel, quer para um seguro de saúde, seja que produto for, nem tanto pela lealdade à seguradora ou por estarmos satisfeitos com o seu desempenho mas simplesmente por falta de tempo para procurar soluções mais acessíveis. No entanto, numa altura de redução de despesas, os seguros, mais propriamente, o seguro automóvel, é uma das primeiras despesas a ser revista no sentido de reduzir os gastos mensais. 

 

Já sabemos, que uma parte do prémio de seguro são custos administrativos e taxas que revertem para o Estado ou outros organismos, como é o caso do INEM. O restante valor é influenciado por alguns factores, como já falado em artigos anteriores: a idade do condutor, sendo que ter menos de 25 anos é um factor de risco para a companhia de seguros; o estacionamento, nomeadamente, o local onde o carro fica durante a noite, sendo que se ficar na garagem paga menos de seguro, pois a companhia corre menos riscos do que se ficar na via pública; o capital seguro, em que o prémio tem como base o valor comercial do veículo, isto no caso dos seguros contra todos os riscos, prémio esse que vai diminuindo com o passar dos anos, tendo em conta a tabela de desvalorização da seguradora; a zona de residência, sendo que cidades como Lisboa e Porto, com níveis de sinistralidade mais elevados representam maior risco para a seguradora, reflectindo-se num prémio mais elevado; e finalmente as características do automóvel, que obviamente influencia o valor do prémio.

 

Se o seu seguro é só contra terceiros, ou apenas de responsabilidade civil, a oferta apresenta ligeiras diferenças em todas as companhias, podendo variar apenas o preço, pelo que neste tipo de produto o único critério que deve tomar em conta é mesmo o preço. Já no caso de seguros contra danos próprios existem várias diferenças, principalmente a nível das coberturas que é importante analisar. Assiste-se cada vez mais a uma aposta nos seguros de danos próprios, pois os clientes, quer por experiência própria, quer por relatos de conhecidos, reconhecem que em caso de acidente, não existe a preocupação de uma despesa extra, não interferindo de nenhuma forma com o orçamento familiar.

 

Por outro lado, de forma a reforçar as poupanças, há clientes que preferem ter menos protecção mas pagar menos de seguro para que essa verba fique disponível para outras despesas ou apenas para efeitos de poupança. O importante é que saiba que ao renegociar o contrato do seguro automóvel poderá ficar surpreendido com o quanto está a gastar desnecessariamente, e o quanto pode poupar. 

 

Leia também:

Simulador do seguro automóvel mais barato »

 

Maria Garcês
renegociar o seguro automóvel - Dúvidas e Questões

Maria Garcês Comentado há 7 days 5 months 2 years

Partilhe com a comunidade do Meu Portal Financeiro as suas dúvidas ou opinião.

Receber notificações por email sobres deste tópico?

» Comentar agora! »

Outras respostas: (0)

Estimado usuário, por favor verifique a sua situação económica antes de assumir qualquer compromisso com os nossos parceiros. O Meu Portal Financeiro apenas disponibiliza e actualiza informação financeira, não sendo responsável pelos produtos apresentados. O conteúdo está actualizado até à data mostrada em cada página. Se quiser fazer alguma actualização, por favor envie-nos a sua sugestão para: info@meuportalfinanceiro.pt