• Pesquisar
  • Categorias
  • Registar
  • Login

O estudo efectuado pelo ISEG - Instituto Superior de Economia e Gestão concluiu que os utentes devem pagar mais pelo SNS

Os cookies permitem-nos optimizar os nossos serviços. Ao utilizar o nosso site, concorda com a nossa política de utilização de cookies. Saiba mais.

Sim, aceito.
Proteja-se e à sua família com um Seguro de Saúde!

Proteja-se e à sua família com um Seguro de Saúde!

Não poupe na saúde, poupe no seguro! Simulação gratuita e sem compromisso.

Ao clicar concordo receber comunicações de marketing directo enviadas por meuportalfinanceiro.com
Quero poupar!

Qual o futuro do Serviço Nacional de Saúde?

O estudo dirigido pelo ex-ministro e economista Augusto Mateus, concluiu que o SNS só poderá continuar a existir se todos pagarem mais.

No entanto, o Ministério não aceita a solução, principalmente se estamos numa altura de eleições.

Algumas das medidas apresentadas passam por:

  • aumentar as taxas moderadoras para quem se dirigir às Urgências sem gravidade clínica;
  • outra medida são os seguros de saúde alternativos ao SNS;
  • o aluguer de infraestruturas públicas aos privados;
  • e também limitar a dedução fiscal só a remédios com receita.

Com estas medidas, Augusto Mateus, pretende que os utentes tenham consciência do tipo de utilização que deve ser dado ao serviço de Urgência, de forma a ser feita uma boa utilização dos serviços.

Já do lado do Ministério defende-se que não se deve sobrecarregar mais os portugueses, especialmente os que vivem com menos recursos, além disso, o que se tem procurado nos últimos anos é isenções nas taxas moderadoras.

Com estas medidas o Ministério acredita que só quem tem mais recursos é que teria acesso à Saúde, além de se revelar uma total destruição ao conceito do Serviço Nacional de Saúde e o ir contra a Constituição.

Maria Garcês
qual o futuro do Serviço Nacional de Saúde? - Dúvidas e Questões

Maria Garcês Comentado há 25 days 4 months 3 years

Partilhe com a comunidade do Meu Portal Financeiro as suas dúvidas ou opinião.

Receber notificações por email sobres deste tópico?

» Comentar agora! »

Outras respostas: (0)

Estimado usuário, por favor verifique a sua situação económica antes de assumir qualquer compromisso com os nossos parceiros. O Meu Portal Financeiro apenas disponibiliza e actualiza informação financeira, não sendo responsável pelos produtos apresentados. O conteúdo está actualizado até à data mostrada em cada página. Se quiser fazer alguma actualização, por favor envie-nos a sua sugestão para: info@meuportalfinanceiro.pt