• Pesquisar
  • Categorias
  • Registar
  • Login

O que é que ainda pode fazer para melhorar o seu orçamento doméstico?

Apontamentos para melhorar a gestão do seu orçamento doméstico.

Os cookies permitem-nos optimizar os nossos serviços. Ao utilizar o nosso site, concorda com a nossa política de utilização de cookies. Saiba mais.

Sim, aceito.
Sistema de Alarmes para sua Casa

Sistema de Alarmes para sua Casa

Solicite o seu orçamento gratuito e proteja o que lhe é mais precioso

Ao clicar concordo receber comunicações de marketing directo enviadas por meuportalfinanceiro.pt e pelos nossos Parceiros
Enviar

Orçamento doméstico: gestão de poupança

O que é que ainda pode fazer para melhorar o seu orçamento doméstico?

Os salários não esticam e o custo vida está a aumentar. Até aqui, não há dúvidas: os portugueses têm que reformular a forma como gerem o seu orçamento doméstico. Até que novos ventos cheguem a este canto da Europa, há que aprender a viver de acordo com o que temos.

Não há fórmulas mágicas. E, na verdade, corremos o risco de repetir o que o leitor já sabe e já aplica no seu  orçamento familiar....Ou não, e podemos contribuir para que consiga mais liquidez ao fim do mês.

 

1 – Faça um orçamento mensal

No fim de ler este artigo, abra uma folha de Excel e comece por fazer duas colunas: receita (o dinheiro que entra lá em casa) e despesa (valores fixos mensais como empréstimos, transportes, alimentação). Assim, poderá no final de cada mês perceber qual a despesa mais representativa e de que forma poderá diminui-la. É importante perceber para onde sai o dinheiro, e lembre-se sempre de registar também os pequenos gastos, como o café por exemplo ou os pequenos-almoços fora. No fim do mês surpreender-se-á quando vir o total que gastou em pequenas coisas que podem até ser evitadas. Depois é só acrescentar na sua folha Excel os campos que considere também importantes, como por exemplo, despesas ou receitas inesperadas. No fim, lembre-se, a receita tem que ser maior que a despesa e o ideal seria colocar 10% dessa receita de lado e investir, até, numa conta poupança ou certificados de aforro.

 

2 - Faça sempre uma lista de compras

 A crise pode ser aproveitada também. Alguma razão têm os chineses quando dizem que a palavra crise significa desafio e oportunidade. E neste caso, o desafio está lançado: hipermercados, supermercados e muitas marcas estão a entrar num regime cada vez mais agressivo de competitividade. Tire partido disso, analise cuidadosamente as promoções e verá que conseguirá poupar alguns erros se comprar no sítio certo, no dia certo. O seu orçamento doméstico vai agradecer.

 

3 – Refeições mais saudáveis

…mais saudáveis e mais baratas. Experimente levar o almoço de casa para o trabalho. Vai ver que não será o único e certamente, para além de poupar bastante, acaba por ter um almoço mais tranquilo e menos stressante. Já agora, se possível, opte por comprar os legumes e frutas a pequenos agricultores. O preço é mais baixo e os alimentos são de superior qualidade.

 

4 – “One man's gold is another man's treasure”

Faça dinheiro com que não usa. Para além de estar na moda os artigos em segunda mão, vai acabar por encontrar lá por casa, muita coisa em bom estado mas que já substituiu ou já não serve. Lembre-se que pode servir a outras pessoas e já agora, porque não experimenta também dar uma vista de olhos nos mercados e flea markets? Ainda se vai surpreender.

A lista tem continuidade. Ainda há muitas coisas que podemos fazer e que podem ajudar a a controlar o orçamento doméstico lá de casa. Contamos também com as suas sugestões para continuarmos este artigo. E você? Sabe alguma fórmula de poupança?


Leia também:

 

 Negócios rentáves a partir de casa »

Saiba optimizar o seu orçamento familiar e comece já a poupar! »


 

Maria Garcês
orçamento doméstico: gestão de poupança - Dúvidas e Questões

Maria Garcês Comentado há 8 days 5 months 2 years

Partilhe com a comunidade do Meu Portal Financeiro as suas dúvidas ou opinião.

Receber notificações por email sobres deste tópico?

» Comentar agora! »

Outras respostas: (0)

Estimado usuário, por favor verifique a sua situação económica antes de assumir qualquer compromisso com os nossos parceiros. O Meu Portal Financeiro apenas disponibiliza e actualiza informação financeira, não sendo responsável pelos produtos apresentados. O conteúdo está actualizado até à data mostrada em cada página. Se quiser fazer alguma actualização, por favor envie-nos a sua sugestão para: info@meuportalfinanceiro.pt