• Pesquisar
  • Categorias
  • Registar
  • Login

Nem tudo é mau na engenharia financeira

O Estado conta poupar mais dinheiro com os contratos de SWAP. Sabe o que é um SWAP?

Os cookies permitem-nos optimizar os nossos serviços. Ao utilizar o nosso site, concorda com a nossa política de utilização de cookies. Saiba mais.

Sim, aceito.
Investimentos mais rentáveis: saiba onde o seu dinheiro vale mais!

Investimentos mais rentáveis: saiba onde o seu dinheiro vale mais!

Compare os Investimentos com as taxas mais competitivas do mercado!

SIMULAR

Governo espera poupar 292 milhões de euros com “swaps”

Nem tudo é mau na engenharia financeira
  • Poupança de 292 milhões em 2014
  • Poupança de 119 milhões em 2013
Notícias recentes apontam para o facto de o Governo esperar poupar sensivelmente 292 milhões de euros em juros de financiamento fruto da utilização de contratos "Swap" geridos pelo IGCP. Salienta, também, que em 2013 a poupança foi de 119 milhões de euros.

O que é um SWAP?


Os SWAP geraram muita polémica nos últimos anos, quando se conheceu perdas avultadas nos custos de financiamento do Estado e de várias empresas públicas. Gerando polémica, contudo, gerou também bastante confusão, pelo que importa perceber o que são estes contratos e como podem ter impacto no orçamento de estado e nas nossas carteiras.

Um SWAP mais não é do que um contrato que permite trocar um fluxo variável por um fluxo fixo (ou vice-versa). Imagine dois fluxos:

  • Financiamento à taxa de EURIBOR + SPREAD;
  • Financiamento à taxa fixa de 5%.

Através de um contrato SWAP as empresas podem trocar o financiamento a uma taxa variável (Euribor+Spread) por um a taxa fixa (neste caso de 5%). No contexto da gestão da empresa é algo que faz todo o sentido, embora deva ser utilizado com bastante prudência e com regras muito apertadas (o que não sucedeu em muitos dos casos polémicos).

Muitos portugueses beneficiam de SWAP sem o saber!


Ao transformar um contrato de crédito habitação de taxa variável num crédito a taxa fixa uma família acaba por beneficiar dos resultados de um contrato SWAP. Faz isso sem o saber. 

E os resultados são os mesmos dos visíveis nos contratos entre empresas. Assim, se optou por um empréstimo a taxa fixa:

  • Se as taxas EURIBOR caem, a família/empresa sai prejudicada (ou menos beneficiada) pois poderia ver os seus custos de financiamento cair;
  • Se as taxas EURIBOR sobem, a família/empresa sai beneficiada (ou menos prejudicada) pois poderia ver os seus custos de subir o que na prática não acontece.

Em termos práticos, o Estado Português acabou por beneficiar pela utilização destes contratos derivados ao conseguir ver reduzida a fatura de juros de 7.616 milhões para 7.324 milhões de euros (estamos a falar de sensivelmente 5% do PIB!). Escusado será dizer que temos de controlar o Défice do Estado para baixar a fatura com juros...

Leia também

Maria Garcês
governo espera poupar 292 milhões de euros com “swaps” - Dúvidas e Questões

Maria Garcês Comentado há 10 days 5 months 2 years

Partilhe com a comunidade do Meu Portal Financeiro as suas dúvidas ou opinião.

Receber notificações por email sobres deste tópico?

» Comentar agora! »

Outras respostas: (0)

Estimado usuário, por favor verifique a sua situação económica antes de assumir qualquer compromisso com os nossos parceiros. O Meu Portal Financeiro apenas disponibiliza e actualiza informação financeira, não sendo responsável pelos produtos apresentados. O conteúdo está actualizado até à data mostrada em cada página. Se quiser fazer alguma actualização, por favor envie-nos a sua sugestão para: info@meuportalfinanceiro.pt