• Pesquisar
  • Categorias
  • Registar
  • Login

Crédito pessoal: Reduza os riscos

Está a pensar contratar um crédito pessoal? Saiba o que deve equacionar antes de assinar o contrato, evitando problemas de incumprimento e sobreendividamento.

Os cookies permitem-nos optimizar os nossos serviços. Ao utilizar o nosso site, concorda com a nossa política de utilização de cookies. Saiba mais.

Sim, aceito.
Simulação das melhores taxas para Crédito Pessoal!

Simulação das melhores taxas para Crédito Pessoal!

Em menos de 1 minuto, gratuito e sem compromisso.

12
96

Ao clicar concordo receber comunicações de marketing directo enviadas por meuportalfinanceiro.com e pelos nossos Parceiros
SIMULAR

Fatores a ter em conta na contratação de um crédito pessoal

Crédito pessoal: Reduza os riscos
  • Contratar um crédito pessoal pode ser benéfico, mas devem ser tomadas todas as precauções.
A contratação de um crédito pessoal é um compromisso assumido e, como qualquer compromisso, deve ser honrado.

Independentemente da duração do crédito pessoal, a verdade é que a assinatura do contrato de crédito pessoal irá ter impacto direto no seu orçamento familiar e, como tal, a decisão deve ser pensada e repensada.

Cuidados a ter na contratação de um crédito pessoal


Antes de assinar o contrato de crédito pessoal é imperativo que faça contas. 

O seu orçamento familiar tem folga para mais uma prestação? Quanto irá sobrar depois de pagar todas as suas despesas, incluindo o novo crédito pessoal?

1. Taxa de esforço


Para saber a resposta a estas perguntas, é essencial que conheça a sua taxa de esforço (valor que é utilizado para pagar os seus compromissos fixos) e, para tal, basta-lhe uma simples conta:

- Cálculo da taxa de esforço 
Encargos mensais (créditos + outros encargos fixos) a dividir pelo rendimento * 100

Ou seja, divida os encargos fixos pelos rendimentos e multiplique por 100. Ai estará a sua taxa de esforço que, para solicitar um novo crédito, não deverá ser superior a 40%.

2. Rendimento disponível


É também essencial que, além da taxa de esforço, perceba qual o montante do orçamento familiar que ficará disponível depois de pagar a prestação do crédito pessoal, percebendo assim se o mesmo será viável.

Quanto mais baixo for o rendimento, menor deverá ser a taxa de esforço e, portanto, menos sensato será pedir um novo crédito pessoal pois o rendimento disponível, depois de pagos todos os encargos mensais fixos, poderá não ser suficiente para fazer face a todas as outras despesas variáveis.

3. Comparar para decidir


Antes de assinar qualquer contrato de crédito pessoal é muito importante que encontre o crédito pessoal que mais se adequa a si e às suas necessidades e só há uma forma de o conseguir: Analisar.

Duas opções para poder analisar


- Peça propostas a várias entidades bancárias e de crédito
- Utilize o simulador de crédito pessoal do Meu Portal Financeiro

Ao pedir propostas aos vários bancos e entidades de crédito, poderá analisar as várias propostas percebendo qual aquela que lhe oferece um produto mais adequado a si, quer seja pelo valor da prestação, quer seja pela TAEG.

A grande vantagem de utilizar o simulador de crédito pessoal do Meu Portal Financeiro é conseguir ter, no mesmo local, acesso aos mais competitivos produtos do mercado, analisando de imediato qual aquele que melhor se adapta a si.

4. Preço do crédito pessoal


A prestação mensal é, muitas vezes, a forma de seleção de um crédito pessoal mas a verdade é que é muito importante perceber qual o preço do crédito pessoal que está a solicitar.

Assim, é necessário uma análise à TAEG - Taxa Anual de Encargos Global - já que é esta taxa que lhe indica o custo total do crédito.

Ou seja, na hora de escolher um crédito pessoal, opte sempre pelo produto que possua uma TAEG mais baixa pois isso garante-lhe que irá pagar menos pelo seu crédito pessoal.
Maria Garcês
fatores a ter em conta na contratação de um crédito pessoal - Dúvidas e Questões

Maria Garcês Comentado há 28 days 10 months 2 years

Partilhe com a comunidade do Meu Portal Financeiro as suas dúvidas ou opinião.

Receber notificações por email sobres deste tópico?

» Comentar agora! »

Outras respostas: (0)

Estimado usuário, por favor verifique a sua situação económica antes de assumir qualquer compromisso com os nossos parceiros. O Meu Portal Financeiro apenas disponibiliza e actualiza informação financeira, não sendo responsável pelos produtos apresentados. O conteúdo está actualizado até à data mostrada em cada página. Se quiser fazer alguma actualização, por favor envie-nos a sua sugestão para: info@meuportalfinanceiro.pt