• Pesquisar
  • Categorias
  • Registar
  • Login

Como pode evitar a insolvência pessoal?

A Insolvência pessoal é, cada vez mais, uma realidade no nosso país. Para evitar esta situação, deve adoptar atitudes de prevenção e arranjar soluções para evitar o incumprimento.

Os cookies permitem-nos optimizar os nossos serviços. Ao utilizar o nosso site, concorda com a nossa política de utilização de cookies. Saiba mais.

Sim, aceito.
Simulação das melhores taxas para Crédito Consolidado!

Simulação das melhores taxas para Crédito Consolidado!

Em menos de 1 minuto, gratuito e sem compromisso.

Ao clicar concordo receber comunicações de marketing directo enviadas por meuportalfinanceiro.pt e pelos nossos Parceiros
SIMULAR

Evite a insolvência pessoal

Como pode evitar a insolvência pessoal?
  • Actue antecipadamente e não tenha que enfrentar os problemas do incumprimento.

 Já sente dificuldades em pagar as suas prestações?

 

Adopte uma postura preventiva e tente arranjar soluções que lhe facilitem o pagamento dos seus créditos. Esta é uma das mais eficazes formas de evitar a insolvência pessoal.

Decididamente, arranjar uma solução que lhe resolva os problemas de incumprimento é a garantia de que a insolvência pessoal é uma realidade cada vez mais distante.
 

O que evitar?

 

A solução nunca deverá passar por contrair um novo crédito pessoal para pagar as suas dívidas. Apesar de m inicialmente, o crédito pessoal ser uma lufada de ar fresco, as dívidas continuarão a aparecer e serem cada vez mais altas.
 

O que fazer para evitar a insolvência pessoal?


- Análise: Antes de mais, evitar a insolvência pessoal poderá passar por uma análise real de todos os seus créditos e obrigações e isso poderá ser conseguido através da solicitação do seu mapa de responsabilidades ao Banco de Portugal.

Do simples crédito pessoal ao cartão de crédito, deverá saber ao cêntimo quanto deve e a quem. Desta forma, conseguirá, mais facilmente, encontrar uma solução que seja benéfica para todos os intervenientes.

- Gestão: Elabore um mapa orçamental onde deverão constar todas as despesas e receitas da sua família. Além de saber onde pode cortar, fica também a perceber onde estão os problemas mais gritantes e isso poderá ser o segundo passo essencial para fugir à insolvência pessoal.

- Negoceie: Quando fizer a análise do seu orçamento familiar, verifique se o risco de incumprimento é muito alto. Se o for, entre em contacto com os seus credores e tente entrar em acordo. A negociação de dívidas é uma das hipóteses da insolvência pessoal, mas se a utilizar antes, poderá evitar a insolvência.

Nota: As entidades que fornecem crédito devem implementar o Plano de Acção para o Risco de Incumprimento que se baseia na elaboração de planos de reestruturação de dívidas que devem ser apresentados a clientes que possuam riscos de incumprimento muito altos.

 

Leia também:

O básico da Insolvência pessoal »

Insolvência Pessoal: Perguntas e Respostas »

Maria Garcês
evite a insolvência pessoal - Dúvidas e Questões

Maria Garcês Comentado há 11 days 5 months 2 years

Partilhe com a comunidade do Meu Portal Financeiro as suas dúvidas ou opinião.

Receber notificações por email sobres deste tópico?

» Comentar agora! »

Outras respostas: (0)

Estimado usuário, por favor verifique a sua situação económica antes de assumir qualquer compromisso com os nossos parceiros. O Meu Portal Financeiro apenas disponibiliza e actualiza informação financeira, não sendo responsável pelos produtos apresentados. O conteúdo está actualizado até à data mostrada em cada página. Se quiser fazer alguma actualização, por favor envie-nos a sua sugestão para: info@meuportalfinanceiro.pt