• Pesquisar
  • Categorias
  • Registar
  • Login

Restrições ao uso e activação da apólice

A incerteza que se vive leva a que muitos portugueses invistam neste produto que garante o pagamento de créditos em caso de desemprego ou doença.

Os cookies permitem-nos optimizar os nossos serviços. Ao utilizar o nosso site, concorda com a nossa política de utilização de cookies. Saiba mais.

Sim, aceito.
Encontre as melhores soluções do mercado em  Seguros!

Encontre as melhores soluções do mercado em Seguros!

Rápido » 100% gratuito » Sem compromisso »

Ao clicar concordo receber comunicações de marketing directo enviadas por meuportalfinanceiro.com e pelos nossos Parceiros
SIMULAR

Desvantagens dos Seguros de Protecção ao Crédito

Restrições ao uso e activação da apólice

Constata-se que de facto os benefícios deste produto são inquestionáveis, no entanto, há restrições ao uso e activação da apólice.

 

A Associação de Defesa do Consumidor analisou as várias ofertas no mercado e concluiu que existem vários obstáculos na adesão a este tipo de produtos. “Entre exclusões, períodos de carência, franquias e limites de indemnização, as situações em que pode contratar são tão limitadas que o objectivo da contratação fica desde logo comprometido", afirma a DECO.

 

preço não se revela muito convidativo e a DECO pede a máxima atenção na altura de subscrever. Outra questão muito importante é que este seguro só pode ser accionado, no caso de doença ou acidente, para uma incapacidade superior 30 dias. Mais uma nota de alerta que fica para estes seguros é o facto da Seguradora garantir o pagamento das prestações para um determinado período de tempo e não enquanto durar a sua incapacidade. Além disso esse tempo difere, consoante o motivo pelo qual se veja impossibilitado de cumprir as suas obrigações financeiras.

 

Desvantagens dos Seguros de Protecção ao Crédito

 

Começamos logo na adesão. Até poderá fazer um contrato de seguro de crédito a 5 anos, mas a seguradora em caso de sinistro só irá beneficiar de 3 anos de protecção.

 

Em caso de doença, a seguradora paga, no máximo, 12 meses consecutivos e 36 prestações por contrato. No caso de despedimento colectivo, extinção do posto de trabalho e caducidade do contrato, a seguradora prevê o pagamento da prestação durante 6 meses por sinistro e 12 a 36 meses por contrato, sendo que nesta situação é obrigado a estar inscrito no centro de emprego no mínimo há um mês. No que toca aos salários em atraso, esta é uma cobertura só para trabalhadores por conta de outrem e contempla apenas 6 meses de prestações.

 

Após accionar uma cobertura, esteja ciente que só o poderá voltar a fazer 6 meses depois.No caso de sinistro entre em contacto com o Banco e a Seguradora, os quais ficam encarregues de enviar uma participação com os documentos a apresentar.

 

Enquanto a Seguradora analisa todo o processo e decide se assume a responsabilidade é o segurado que deve continuar a cumprir com as prestações.

 

O importante é ter noção que o seguro de protecção ao crédito oferece-lhe uma maior estabilidade financeira, mas deve à partida estar ciente destas limitações e tentar encontrar a melhor opção tendo em conta o seu perfil de risco. Conheça em detalhe as soluções de seguro de protecção ao crédito existentes no Portal de Seguros.

Maria Garcês
desvantagens dos Seguros de Protecção ao Crédito - Dúvidas e Questões

Maria Garcês Comentado há 11 days 5 months 2 years

Partilhe com a comunidade do Meu Portal Financeiro as suas dúvidas ou opinião.

Receber notificações por email sobres deste tópico?

» Comentar agora! »

Melhor resposta:

Anónimo

AnónimoResposta há 27 days 2 months 3 years

tenho um crédito pessoal no Santander totta e estou desempregado, será que tenho direito ao pagamento parcial da minha divida??

Receber notificações por email sobres deste tópico?

» Comentar agora! »

Outras respostas: (1)

Anónimo

AnónimoResposta há 27 days 2 months 3 years

tenho um crédito pessoal no Santander totta e estou desempregado, será que tenho direito ao pagamento parcial da minha divida??

Receber notificações por email sobres deste tópico?

» Comentar agora! »

Estimado usuário, por favor verifique a sua situação económica antes de assumir qualquer compromisso com os nossos parceiros. O Meu Portal Financeiro apenas disponibiliza e actualiza informação financeira, não sendo responsável pelos produtos apresentados. O conteúdo está actualizado até à data mostrada em cada página. Se quiser fazer alguma actualização, por favor envie-nos a sua sugestão para: info@meuportalfinanceiro.pt