• Pesquisar
  • Categorias
  • Registar
  • Login

Empreendedorismo e Crédito

Apresentamos as mais variadas formas de obter financiamento que lhe permita avançar com a sua empresa, com o seu projeto de vida, com a concretização dessa tão inovadora ideia de negócio.

Os cookies permitem-nos optimizar os nossos serviços. Ao utilizar o nosso site, concorda com a nossa política de utilização de cookies. Saiba mais.

Sim, aceito.
Simulação das melhores taxas para Crédito Pessoal!

Simulação das melhores taxas para Crédito Pessoal!

Em menos de 1 minuto, gratuito e sem compromisso.

12
96

Ao clicar concordo receber comunicações de marketing directo enviadas por meuportalfinanceiro.com e pelos nossos Parceiros
SIMULAR

Criar uma empresa - Um incentivo extra ao empreendedorismo

Empreendedorismo e Crédito
  • Criar uma empresa pode estar à distância de um esclarecimento.

 

 

Ser empreendedor, nos dias que correm, é um ato de coragem.Investir em tempos de crise significa saber aproveitar oportunidades e ter força para seguir em frente.

 

Se é uma destas pessoas, este é o artigo certo para si.

 

O que deve fazer para criar uma empresa?

 

Explicamos-lhe, em 6 passos, o que deve fazer para criar uma empresa competitiva e rentável.

 

1- Ideias

O passo mais importante para criar uma empresa é ter uma boa ideia. Para a conseguir, deve fazer uma forte análise de mercado que sustente a sua ideia e a faça transformar-se numa empresa.

 

2 - Formação

Apesar de ter uma óptima ideia, é preciso apostar na formação para que consiga dar seguimento a essa mesma ideia. Informe-se, forme-se e tenha bases sólidas para gerir a sua empresa.

 

3- Plano de negócio

Para que a sua empresa seja rentável e tenha bases sólidas, é essencial que defina um bom plano de negócios, equacionando todos os cenários e desenhando várias opções.

 

4- Peça ajuda

Assim que tenha o seu plano de negócios bem desenhado e estruturado, apresente-o a alguém de confiança e com experiência no mundo empresarial. Desta forma, saberá se a sua ideia de negócio será viável ou se necessita limar algumas arestas.

 

5- Constitua a empresa

Informe-se de quais os requisitos necessários para criar a sua empresa, nomeadamente ao nível de documentos, preçários e opções existentes.

 

6- Peça financiamento

Depois de a empresa estar criada, é hora de ir em busca do financiamento necessário para a concretização da sua ideia de negócio e viabilidade da sua empresa. Pronto para começar esta jornada?

 

Financiamento para a sua recém empresa

 

Com o desemprego a aumentar e a crise instalada, é essencial que novas empresas se constituam para trazer sangue novo para a economia nacional.

 

Neste sentido, foram criados diversos mecanismos de financiamento essenciais para viabilizar a sua empresa. Venha conhece-los...

 

Oferta da Banca

 

A banca é um forte parceiro para o empreendedorismo. Damos-lhe a conhecer a oferta disponibilizada pela Caixa Geral de Depósitos, com vista ao incentivo do empreendedorismo:

 

Destinados a cidadãos com vontade de investimento e capacidade de criar a sua própria empresa, sem entradas na lista negra do Banco de Portugal, com residência em Portugal, mas que possuam dificuldades em se afirmar no mercado e de obter crédito da forma tradicional.

 

Financiamento

Valor: Até 15 mil euros

Prazo de reembolso: Até 48 meses

Reembolso: Mensal constante

Spread: 3%

Comissões: Isento

Reembolso antecipado: Sem encargos

Garantias: Constituição de fiança com valor de 20% do montante solicitado

 

Para mais informações: Dirija-se à Agência Central para o Microcrédito, utilize o número 808 200 980 ou envie um email para microcredito@cgd.pt.

 

Oferta das associações

 

A ANJE oferece-lhe apoio na hora de constituir a sua empresa e, além de possuir uma linha de microcrédito em parceria com a CGD, disponibiliza-lhe ainda apoios para a sua empresa no sector do comércio. Conheça o Comércio Investe!


Destinado a todas as micro e pequenas empresas do sector comercial, assim como as associações empresariais, o Comércio Investe destina-se à modernização das estruturas comerciais, de forma individual e/ou conjunta.

 

Neste sentido, serão colocados à disposição das empresas, um incentivo não reembolsável que pode ir até 40% das despesas elegíveis, com o teto limite de 35.000€, para projetos individuais.

 

Na órbita de atuação do novo incentivo financeiro para o setor comercial estão inseridas as micro e pequenas empresas, assim como as associações empresariais do setor, num regime que abrange projetos de modernização comercial de natureza individual ou conjunta.

 

Despesas elegíveis:

Software

Equipamento

Requalificação

Obras interiores

Imagem e publicidade

Portais e sites

Certificação

Propriedade Industrial

 

Oferta IEFP


O IEFP, em parceria com a CASES, disponibiliza aos investidores o Microinvest, uma linha de crédito com bonificação dos juros, no quadro da garantia mútua.

 

Montante de Investimento: Até 20 mil euros

Montante de Empréstimo: Até 20 mil euros

Prazo: Até 60 meses

Carência: 2 anos de carência

Juros: Euribor a 30 dias com taxa mínima de 1,5% e máxima de 3,5% e o 1º ano de juros é bonificado.

 

A quem se destina?

 

Empreendedores com dificuldade em encontrar emprego e em risco de exclusão social, mas com projetos sustentáveis e viáveis. Microempresas e cooperativas com até 10 funcionários, garantindo a criação de postos de trabalho.

 

Dá-se preferência a empreendedores com idades entre os 16 e os 34 anos, desempregados e inscritos no centro de emprego há pelo menos 4 meses.

Maria Garcês
criar uma empresa - Um incentivo extra ao empreendedorismo - Dúvidas e Questões

Maria Garcês Comentado há 28 days 10 months 2 years

Partilhe com a comunidade do Meu Portal Financeiro as suas dúvidas ou opinião.

Receber notificações por email sobres deste tópico?

» Comentar agora! »

Melhor resposta:

Anónimo

AnónimoResposta há 15 days 6 months 3 years

foi me enviado tarde demais! tipo 4 anos

Receber notificações por email sobres deste tópico?

» Comentar agora! »

Outras respostas: (2)

Anónimo

AnónimoResposta há 29 days 4 months 3 years

adoro este tipo de ideias,assim ainda se consegue acreditar que inda existem pessoas a quererem fazer o bem pelos outros seres humanos.E uma porta aberta para quem precisa tanto de dinheiro para envestimento de trabalho

Receber notificações por email sobres deste tópico?

» Comentar agora! »

Estimado usuário, por favor verifique a sua situação económica antes de assumir qualquer compromisso com os nossos parceiros. O Meu Portal Financeiro apenas disponibiliza e actualiza informação financeira, não sendo responsável pelos produtos apresentados. O conteúdo está actualizado até à data mostrada em cada página. Se quiser fazer alguma actualização, por favor envie-nos a sua sugestão para: info@meuportalfinanceiro.pt