• Pesquisar
  • Categorias
  • Registar
  • Login

Até nos momentos de descontracção devemos de nos precaver. Tenha em conta alguns destes conselhos!

Quer seja para viagens dentro do país, quer seja para viajar para o estrangeiro, existem alguns conselhos que deve seguir se quer ter umas férias tranquilas para mais tarde recordar e pelos melhores motivos. São tantas as peripécias que nos podem acontecer nas férias, seja perder bagagem, voo cancelado, seja o que for, que o melhor é precaver-se para saber como reagir a essas situações.

Os cookies permitem-nos optimizar os nossos serviços. Ao utilizar o nosso site, concorda com a nossa política de utilização de cookies. Saiba mais.

Sim, aceito.
Sistema de Alarmes para sua Casa

Sistema de Alarmes para sua Casa

Solicite o seu orçamento gratuito e proteja o que lhe é mais precioso

Ao clicar concordo receber comunicações de marketing directo enviadas por meuportalfinanceiro.pt e pelos nossos Parceiros
Enviar

Conselhos para quem vai de férias

Até nos momentos de descontracção devemos de nos precaver. Tenha em conta alguns destes conselhos!

Ao reservar uma viagem numa agência de viagens, saiba que esta é obrigada  a fornecer todas as informações relativas às características do serviço, o preço, a companhia de seguros, o itinerário, os transportes, entre outros, além de ser responsável por assegurar a resolução dos imprevistos que decorram dos serviços contratados para as suas férias.

 

Se for daqueles que prefere viajar de carro, saiba que nos países da UE existem regras comuns às nossas, seja a cadeira própria para as crianças, o uso proibido do telemóvel, excepto se utilizar auricular ou outro sistema de mãos livres. No entanto, assim como os estrangeiros ao vir para o nosso país não são obrigados a colocar um dispositivo na matricula para circular nas ex-scut, também nós, portugueses ao viajar para fora não somos obrigados a colocar qualquer dispositivo na matricula.

 

Ainda na União Europeia, em caso de doença pode ter acesso ao sistema de saúde público se se fizer acompanhar do Cartão Europeu de Seguro de Doença, sendo que só paga as taxas e as compartições que os nacionais desse país pagam. O cartão que pode ser solicitado nas Lojas de Cidadão ou na Segurança Social, é grátis e tem a validade de 3 anos.

 

Agora imagine que está no estrangeiro e que perdeu os seus documentos. O que fazer? Faça de conta que está no seu país. Participe essa situação à polícia, alertando também o Consulado português nesse país, através da apresentação da participação feita às autoridades e provando assim a sua nacionalidade. Se eventualmente um dos documentos perdidos for o passaporte, na embaixada também lhe poderá ser fornecido um documento de viagem temporário.

 

No caso de voo atrasado ou cancelado tem sempre o direito de saber o que se passa, além dos seus direitos. No caso de o atraso o obrigar a pernoitar, saiba que tem direito a assistência, já que tal envolve custos adicionais com alojamento, alimentação e transporte. Saiba também que no caso de voo cancelado tem duas opções: ou é reembolsado ou opta por um voo alternativo, havendo excepções a esta regra, no caso de instabilidade política, mau tempo, riscos no voo e greves.

 

É comum as agências de viagens organizarem programas que nem sempre correm como esperado, no entanto, fique a saber que tem 30 dias para escrever uma carta ao Turismo de Portugal a reclamar o que não foi cumprido, tal como estipulado. É sempre aconselhável fazer a sua reclamação junto do representante da agência no local e até fazer acompanhar essa reclamação de fotografias. De regresso a Portugal, pode reclamar na Comissão Arbitral do Instituto de Turismo de forma a ser reembolsado do seu dinheiro.

 

Termos conhecimento dos nossos direitos é fundamental para sabermos como reagir perante diversas situações, principalmente se estivermos fora do nosso país.

 

Leia também:

Crédito para pagar as férias? Sim ou não?

 

Maria Garcês
conselhos para quem vai de férias - Dúvidas e Questões

Maria Garcês Comentado há 29 days 8 months 2 years

Partilhe com a comunidade do Meu Portal Financeiro as suas dúvidas ou opinião.

Receber notificações por email sobres deste tópico?

» Comentar agora! »

Outras respostas: (0)

Estimado usuário, por favor verifique a sua situação económica antes de assumir qualquer compromisso com os nossos parceiros. O Meu Portal Financeiro apenas disponibiliza e actualiza informação financeira, não sendo responsável pelos produtos apresentados. O conteúdo está actualizado até à data mostrada em cada página. Se quiser fazer alguma actualização, por favor envie-nos a sua sugestão para: info@meuportalfinanceiro.pt