Aguarde por favor...
A página está a ser carregada.

loading
  • Pesquisar
  • Categorias
  • Registar
  • Login

Portugal é o que menos confia no Governo

Segundo o barómetro - Edelman Trust Barometer 2011, que avalia o nível de credibilidade e confiança nas empresas, Governo, ONG, media, sector financeiro e no segurador, de entre 23 países, Portugal é o que menos confia no Governo. Os seguros e a banca são os sectores em que cada vez menos pessoas confiam.

Os cookies permitem-nos optimizar os nossos serviços. Ao utilizar o nosso site, concorda com a nossa política de utilização de cookies. Saiba mais.

Sim, aceito.
Seguro Automóvel à medida do seu carro...e do seu bolso!

Seguro Automóvel à medida do seu carro...e do seu bolso!

Compare os melhores LowCost de Luxo. Grátis e sem compromisso.

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por meuportalfinanceiro.com e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão partilhados com os nossos Parceiros.
SIMULAR

Companhias de Seguros e Bancos: Pouca confiança

 Portugal é o que menos confia no Governo

Portugal, participa pela 2ª vez neste barómetro, o qual foi efectuado junto de pessoas de rendimentos elevados, com formação superior e bem informadas.

Recorde-se no ano passado, 27% dos inquiridos afirmou confiar no Governo, valor que diminuiu drasticamente para 9%, entre os 203 inquiridos.

Edelman Trust Barometer é um barómetro que avalia o nível de credibilidade e confiança nas empresas, Governo, ONG (Organizações não-Governamentais), media, sector financeiro e no segurador, de entre 23 países.

Na questão "Diga-me por favor até que ponto confia que as empresas de cada uma das áreas que vou referir têm uma conduta correcta", os portugueses atribuiram 37% de grau de confiança aos bancos e 31% às seguradoras, valores estes inferiores aos verificados no ano passado.

No sentido oposto, a confiança aumenta nos sectores da tecnologia com 78% de grau de confiança e na área da biotecnologia e ciências da vida com 77%.

Mesmo em comparação com outros países, a tendência é para uma maior confiança na tecnologia e uma maior desconfiança no sector financeiro e segurador.

De acordo com afirmações do economista Augusto Mateus, o sector financeiro só vai sair desta crise quando provar que não vai deixar influenciar-se por inovações "rapidamente vendáveis", acusando o sector de pouca ética a gerir o risco e portanto, só poderá sair desta situação quando corrigir a sua realidade.

Maria Garcês
companhias de Seguros e Bancos: Pouca confiança - Dúvidas e Questões

Maria Garcês Comentado há 1 days 4 months

Partilhe com a comunidade do Meu Portal Financeiro as suas dúvidas ou opinião.

Receber notificações por email sobres deste tópico?

» Comentar agora! »

Outras respostas: (0)

Estimado usuário, por favor verifique a sua situação económica antes de assumir qualquer compromisso com os nossos parceiros. O Meu Portal Financeiro apenas disponibiliza e actualiza informação financeira, não sendo responsável pelos produtos apresentados. O conteúdo está actualizado até à data mostrada em cada página. Se quiser fazer alguma actualização, por favor envie-nos a sua sugestão para: info@meuportalfinanceiro.pt