• Pesquisar
  • Categorias
  • Registar
  • Login

Cortar nas despesas será a solução

De acordo com o ministro da saúde, será necessário cortar muito nas despesas para salvar o SNS, o que implicará redução na prestação de cuidados médicos. Para Paulo Macedo o "coveiro" do SNS é aquele que não fizer nada para reduzir as despesas. Segundo a Comissão Nacional Justiça e Paz, os cuidados médicos não podem estar sujeitos às regras do mercado, além disso, defende a presença indispensável do sector público no SNS.

Os cookies permitem-nos optimizar os nossos serviços. Ao utilizar o nosso site, concorda com a nossa política de utilização de cookies. Saiba mais.

Sim, aceito.
Proteja-se e à sua família com um Seguro de Saúde!

Proteja-se e à sua família com um Seguro de Saúde!

Não poupe na saúde, poupe no seguro! Simulação gratuita e sem compromisso.

Ao clicar concordo receber comunicações de marketing directo enviadas por meuportalfinanceiro.com e pelos nossos Parceiros
Quero poupar!

Como salvar o SNS?

Cortar nas despesas será a solução

 

O ministro da saúde, Paulo Macedo, afirmou que para salvar o Serviço Nacional de Saúde (SNS) é necessário reduzir na despesa, o que implica necessariamente, a prestação de menos cuidados médicos.

Aliás, o Tribunal de Contas  e a Inspecção-Geral das Finanças estimam que exista desperdício na Saúde, na ordem dos 20% a 30%. Os centros de saúde e os hospitais foram chamados a dar ideias para reduzir a despesa e não faltaram à chamada, já que o ministro da saúde afirma ter recebido mais de mil sugestões.

Para tal será necessário redimensionar a oferta hospitalar, o que pode significar o encerramento de algumas urgências, nomeadamente nas zonas em que há sobreposição. Ainda será estudado se haverá ou não a necessidade de também encerrar hospitais.

Outra medida será o facto das taxas moderadoras serem diferenciadas por rendimentos e serviços prestados, além disso, quem ganhar menos que o salário mínimo terá isenção nas taxas moderadoras.

De acordo com a Comissão Nacional Justiça e Paz é fundamental a presença do sector público na área da saúde e que os seguros de saúde privados são meros complementos na prestação de alguns cuidados de saúde. E porquê?

A verdade é que um seguro de saúde é bem mais dispendioso e não proporciona todos os cuidados de saúde, isto porque as seguradoras procuram a sua sobrevivência, pois são empresas que procuram lucro, e portanto, fazem, obviamente, uma selecção das pessoas com menos riscos, de forma a que estas mesmas pessoas recorram o menos possível aos cuidados de saúde contratados.

 

Maria Garcês
como salvar o SNS? - Dúvidas e Questões

Maria Garcês Comentado há 12 days 5 months 2 years

Partilhe com a comunidade do Meu Portal Financeiro as suas dúvidas ou opinião.

Receber notificações por email sobres deste tópico?

» Comentar agora! »

Outras respostas: (0)

Estimado usuário, por favor verifique a sua situação económica antes de assumir qualquer compromisso com os nossos parceiros. O Meu Portal Financeiro apenas disponibiliza e actualiza informação financeira, não sendo responsável pelos produtos apresentados. O conteúdo está actualizado até à data mostrada em cada página. Se quiser fazer alguma actualização, por favor envie-nos a sua sugestão para: info@meuportalfinanceiro.pt