• Pesquisar
  • Categorias
  • Registar
  • Login

Insolvência pessoal: A outra opção

Quando é iniciado o processo de insolvência pessoal, nem sempre é necessário passar por todos os inconvenientes. Saiba qual é a alternativa à exoneração do passivo restante.

Os cookies permitem-nos optimizar os nossos serviços. Ao utilizar o nosso site, concorda com a nossa política de utilização de cookies. Saiba mais.

Sim, aceito.
Simulação das melhores taxas para Crédito Consolidado!

Simulação das melhores taxas para Crédito Consolidado!

Em menos de 1 minuto, gratuito e sem compromisso.

Ao clicar concordo receber comunicações de marketing directo enviadas por meuportalfinanceiro.pt e pelos nossos Parceiros
SIMULAR

Como fazer um plano de pagamentos

Insolvência pessoal: A outra opção
  • Conheça a opção à exoneração do passivo restante.
Quando um agregado familiar se encontra em situação financeira frágil e não consegue cumprir com os seus compromissos, a insolvência pessoal é o recurso final.

Ao fazer a requisição da insolvência pessoal, o devedor poderá estar sujeito a uma de duas situações:

- Plano de pagamentos
- Exoneração do passivo restante

Hoje, é sobre o plano de pagamentos que iremos versar, explicando quais as vantagens desta forma de solução de recurso e de que forma deverá fazê-lo.

O que é o plano de pagamentos?


Os devedores poderão entregar, aquando do início do processo de insolvência pessoal, um plano de pagamento aos credores.

O que deve conter um plano de pagamentos?


O plano de pagamentos deve conter uma proposta concreta que vise o pagamento da dívida e tenha em conta os interesses dos credores, sem descurar os interesses do devedor.

Desta forma, estará a caminhar para a aprovação deste mesmo plano, evitando assim todo o processo de insolvência pessoal.

Este plano deve prever:

- Valores mensais
- Alargamento do prazo de pagamento
- Perdão de parte da dívida (se necessário)
- Redução de taxas e juros
- Novas Garantias
- Extinção de anteriores garantias ou privilégios
- Calendarização de pagamentos
- Medidas a serem tomadas para melhoria das condições financeiras do devedor

Desta forma, deverá elaborar um plano de reestruturação de dívidas que lhe garanta a aprovação do mesmo. Quanto mais informação possuir, mais facilmente os credores depositarão em si a confiança necessária para aprovar o seu plano de pagamento.

Deve optar pelo plano de pagamentos?


Sempre que possível, opte pelo chegar a acordo com os seus credores, através de um plano de pagamentos. Desta forma, irá conseguir evitar o processo de insolvência pessoal e todos os constrangimentos que isso possa trazer.

Com o plano de pagamentos, poderá...


... reduzir os encargos mensais
... equilibrar o orçamento
... manter o património

A quem se destina o plano de pagamentos?


- Pessoa singular em situação de sobreendividamento
- Insolventes que pretendam manter o seu património
- Devedores sem capacidade para renegociar dívidas
- Devedores com capacidade para pagar caso as prestações sejam revistas

Leia também:
Maria Garcês
como fazer um plano de pagamentos - Dúvidas e Questões

Maria Garcês Comentado há 8 days 5 months 2 years

Partilhe com a comunidade do Meu Portal Financeiro as suas dúvidas ou opinião.

Receber notificações por email sobres deste tópico?

» Comentar agora! »

Outras respostas: (0)

Estimado usuário, por favor verifique a sua situação económica antes de assumir qualquer compromisso com os nossos parceiros. O Meu Portal Financeiro apenas disponibiliza e actualiza informação financeira, não sendo responsável pelos produtos apresentados. O conteúdo está actualizado até à data mostrada em cada página. Se quiser fazer alguma actualização, por favor envie-nos a sua sugestão para: info@meuportalfinanceiro.pt