• Pesquisar
  • Categorias
  • Registar
  • Login

Os Portugueses queixam-se da actuação das Seguradoras e Bancos

As principais reclamações apontadas pela DECO são as supostas cláusulas abusivas nos PPR, contratos, certificados de aforro e depósitos

Os cookies permitem-nos optimizar os nossos serviços. Ao utilizar o nosso site, concorda com a nossa política de utilização de cookies. Saiba mais.

Sim, aceito.
Encontre as melhores soluções do mercado em  Seguros!

Encontre as melhores soluções do mercado em Seguros!

Rápido » 100% gratuito » Sem compromisso »

Ao clicar concordo receber comunicações de marketing directo enviadas por meuportalfinanceiro.com
SIMULAR

Bancos e Seguradoras somam queixas na DECO

Os Portugueses queixam-se da actuação das Seguradoras e Bancos

A DECO - Associação para a Defesa do Consumidor, tem os bancos e as seguradoras sob mira pelos piores motivos.Aquela entidade afirma já ter recebido 1.748 reclamações contra bancos e seguradoras devido a produtos financeiros desde o início do presente ano.A maior parte das queixas tem a ver com as alegadas "cláusulas abusivas" dos contratos de Planos Poupança Reforma, certificados de aforro, depósitos e contratos bancários.Em 3 semanas foram enviadas para a DECO 15 queixas devido a cláusulas que permitem às instituições financeiras reverem as taxas de juro e os spreads nos contratos de crédito à habitação.Estas queixas surgem pois estas taxas, segundo as tais cláusulas podem ser alteradas quando as instituições financeiras assim o entenderem e sem terem que dar qualquer satisfação ao cliente, o que motivou este crescimento nas reclamações dos clientes bancários.Estas queixas são maioritariamente de três bancos específicos já divulgados pela DECO - Banco Espirito Santo (BES), Millennium BCP e Montepio.Apesar de todas estas queixas, a verdade é que o Banco de Portugal já se pronunciou nesta matéria e afirmou que essas cláusulas consideradas "abusivas", não são proibidas, sendo perfeitamente legais.Adiantou também que não é da responsabilidade do Banco de Portugal esta temática, pelo que os tribunais é que poderão avaliar a validade destas cláusulas.

Maria Garcês
bancos e Seguradoras somam queixas na DECO - Dúvidas e Questões

Maria Garcês Comentado há 14 days 5 months 3 years

Partilhe com a comunidade do Meu Portal Financeiro as suas dúvidas ou opinião.

Receber notificações por email sobres deste tópico?

» Comentar agora! »

Outras respostas: (0)

Estimado usuário, por favor verifique a sua situação económica antes de assumir qualquer compromisso com os nossos parceiros. O Meu Portal Financeiro apenas disponibiliza e actualiza informação financeira, não sendo responsável pelos produtos apresentados. O conteúdo está actualizado até à data mostrada em cada página. Se quiser fazer alguma actualização, por favor envie-nos a sua sugestão para: info@meuportalfinanceiro.pt