Aguarde por favor...
A página está a ser carregada.

loading
  • Pesquisar
  • Categorias
  • Registar
  • Login

Aumentaram os números de utentes a recorrer às baixas médicas

De acordo com dados do Ministério da Solidariedade e Segurança Social, num só mês, 24 mil portugueses pediram baixa médica, que dá uma média de 800 baixas por dia. Será por estados depressivos devido à situação de crise que se vive? Ou serão esquemas para não perder o subsídio de desemprego?

Os cookies permitem-nos optimizar os nossos serviços. Ao utilizar o nosso site, concorda com a nossa política de utilização de cookies. Saiba mais.

Sim, aceito.
Encontre as melhores soluções do mercado em  Seguros!

Encontre as melhores soluções do mercado em Seguros!

Rápido » 100% gratuito » Sem compromisso »

Ao submeter os seus dados receberá a newsletter, ofertas e publicidade enviado por meuportalfinanceiro.com e pelos nossos Parceiros e aceita os Termos e Condições e a Política de Privacidade. Os dados submetidos serão partilhados com os nossos Parceiros.
SIMULAR

Baixas médicas

Aumentaram os números de utentes a recorrer às baixas médicas

A troika, as medidas de austeridade, a subida dos impostos, o medo de perder o emprego, principalmente quando a taxa de desemprego não pára de subir, são tudo razões para provocar um aumento no número de colaboradores que pedem baixa médica por motivos psicológicos, isto é, por depressão.

Em Junho do corrente ano, mais de 117 mil trabalhadores estavam de baixa e de acordo com informação do Ministério da Solidariedade e Segurança Social, em apenas um mês, mais de 24 mil portugueses pediram baixa médica, o que equivale a uma média de 800 baixas médicas por dia.

A depressão devido à crise pode não ser a única razão para tantas baixas. Quem está desempregado, pode recorrer a este esquema da baixa médica para não perder o subsídio de desemprego e assim ter uma justificação para não comparecer em acções de formação obrigatórias ou até mesmo uma oportunidade de trabalho.

Infelizmente, existe até quem esteja empregado e mesmo assim esteja de baixa médica, seja por mudança de cargo não desejada, promoções que não chegaram a acontecer, mudança nas condições de trabalho; e como forma de não ter que lidar com uma nova realidade decidem meter baixa médica.

Certamente, muitas pessoas que estão de baixa, estarão por motivos de saúde, seja doença, acidentes, incapacidade temporária, mas infelizmente, também sabemos que nem todos os casos são reais.

 

Maria Garcês
baixas médicas - Dúvidas e Questões

Maria Garcês Comentado há 29 days 4 months

Partilhe com a comunidade do Meu Portal Financeiro as suas dúvidas ou opinião.

Receber notificações por email sobres deste tópico?

» Comentar agora! »

Outras respostas: (0)

Estimado usuário, por favor verifique a sua situação económica antes de assumir qualquer compromisso com os nossos parceiros. O Meu Portal Financeiro apenas disponibiliza e actualiza informação financeira, não sendo responsável pelos produtos apresentados. O conteúdo está actualizado até à data mostrada em cada página. Se quiser fazer alguma actualização, por favor envie-nos a sua sugestão para: info@meuportalfinanceiro.pt