• Pesquisar
  • Categorias
  • Registar
  • Login

Seguro de Saúde: 7 conselhos que não deve descurar

Segundo a DECO, as reclamações sobre seguros de saúde apresentadas no ano passado, praticamente duplicaram face ao ano anterior, sendo que este ano o número já vai em 85.

Os cookies permitem-nos optimizar os nossos serviços. Ao utilizar o nosso site, concorda com a nossa política de utilização de cookies. Saiba mais.

Sim, aceito.
Proteja-se e à sua família com um Seguro de Saúde!

Proteja-se e à sua família com um Seguro de Saúde!

Não poupe na saúde, poupe no seguro! Simulação gratuita e sem compromisso.

Ao clicar concordo receber comunicações de marketing directo enviadas por meuportalfinanceiro.com e pelos nossos Parceiros
Quero poupar!

Aspetos a ter conta na altura de contratação de um seguro de saúde

Seguro de Saúde: 7 conselhos que não deve descurar
  • Pormenores que fazem toda a diferença.

O Meu Portal Financeiro dá-lhe 7 dicas essenciais para não se perder nesta busca pelo melhor seguro de saúde do mercado, indicando-lhe onde se deve focar e quais os pontos menos importantes.

 

Venha conhecer este nosso guia de passos para contratar o melhor seguro de saúde.

 

1. Modalidade

 

Sabia que existem três modalidades de seguro de saúde? 

 

Pois é, antes de avançar para a contratação de algum produto, convém saber qual a modalidade que mais lhe convém:

 

- Reembolso: Escolha o seu prestador de saúde com o máximo de liberdade. Neste caso, o segurado paga a consulta e depois envia os comprovativos à seguradora e esta irá reembolsa-la na percentagem acordada.

- Assistência: Esta é a modalidade mais comum, onde a seguradora disponibiliza uma rede de prestadores de serviços médicos e outros aos quais os segurados podem recorrer e pagar apenas o valor de copagamento. Apesar de não existir grande liberdade de escolha, a variedade é grande e consegue-se ter-se alguma capacidade para escolher o seu médico.

- Mistos: Os seguros mistos conseguem ter o melhor das duas modalidades anteriores. Ou seja, possuem uma rede de prestadores que responde eficazmente às necessidades, mas ao mesmo tempo permite ter acesso a prestadores de serviços na modalidade de reembolso.

 

2. Coberturas

 

Agora que já sabe diferenciar o tipo de modalidades, é altura de olhar para as coberturas com olhos de ver. Hoje em dia, as seguradoras disponibilizam alguns produtos pré-definidos, dando-lhe a oportunidade de optar por apólices mais básicas ou mais completas. Por norma, as coberturas mais básicas possuem internamento e ambulatório, onde se inserem as consultas de especialidade.

De salientar que o capital de internamento deve ser analisado a lupa e os especialistas aconselham a contratar seguros de saúde com um capital mínimo de 25 mil euros.

 

3. Prioridades

 

Lembre-se que o prémio do seu seguro de saúde será tanto mais alto quanto mais coberturas tiver e mais capital segurado possuir. Assim, deverá ter atenção ao contratar um seguro de saúde pois este deve adequar-se às suas necessidades e à sua bolsa. Ou seja, defina as suas prioridades e faça várias simulações para que consiga chegar ao produto certo para si.

 

4. Evite o que não interessa

 

Se é verdade que os pacotes de seguro de saúde são já predefinidos, a verdade é que existem algumas coberturas opcionais. Se estas não lhe interessarem ou não considerar que sejam uma mais-valia, abdique delas pois isso irá garantir-lhes uma apólice mais baixa.

 

5. Períodos de carência e exclusões

 

Leia sempre as letras mais pequenas porque existem dezenas de doenças que são excluídas pelos seguros de saúde atuais, assim como excluem tratamentos a doenças existentes antes de contratar o seguro de saúde. Assim, é essencial que se informe sobre estas exclusões e tenha muita atenção a este caso.

Por outro lado, deverá também analisar os diversos períodos de carência, ou seja, o período de tempo durante o qual não pode utilizara sua apólice de seguro.

 

6. Questionário Médico

 

É essencial que seja rigoroso quando está a preencher o seu questionário médico já que esta sinceridade poderá ser a sua arma em caso de litígio com a seguradora.

 

7. Renúncia do contrato

 

Depois de contratar o seu seguro de saúde, dispõe de 30 dias para cancelar ou renunciar ao seu seguro de saúde. Ou seja, se depois de ler o contrato considerar que o produto apresentado não é aquele que lhe venderam, poderá invocar o direito de renúncia e reaver o dinheiro pago pela sua apólice.


Leia também:

Qual é o melhor seguro de saúde? »

6 razões para não cancelar o seu seguro de saúde »

Maria Garcês
aspetos a ter conta na altura de contratação de um seguro de saúde - Dúvidas e Questões

Maria Garcês Comentado há 12 days 5 months 2 years

Partilhe com a comunidade do Meu Portal Financeiro as suas dúvidas ou opinião.

Receber notificações por email sobres deste tópico?

» Comentar agora! »

Outras respostas: (0)

Estimado usuário, por favor verifique a sua situação económica antes de assumir qualquer compromisso com os nossos parceiros. O Meu Portal Financeiro apenas disponibiliza e actualiza informação financeira, não sendo responsável pelos produtos apresentados. O conteúdo está actualizado até à data mostrada em cada página. Se quiser fazer alguma actualização, por favor envie-nos a sua sugestão para: info@meuportalfinanceiro.pt