• Pesquisar
  • Categorias
  • Registar
  • Login

Adesão aos seguros de saúde diminui

De acordo com Tomé Pedroso, administrador da companhia de seguros Tranquilidade, têm vindo a diminuir as adesões a seguros de saúde, nos últimos meses. Por outro lado, o Estado gasta mais em saúde que as receitas do IRS de todos os cidadãos.

Os cookies permitem-nos optimizar os nossos serviços. Ao utilizar o nosso site, concorda com a nossa política de utilização de cookies. Saiba mais.

Sim, aceito.
Proteja-se e à sua família com um Seguro de Saúde!

Proteja-se e à sua família com um Seguro de Saúde!

Não poupe na saúde, poupe no seguro! Simulação gratuita e sem compromisso.

Ao clicar concordo receber comunicações de marketing directo enviadas por meuportalfinanceiro.com e pelos nossos Parceiros
Quero poupar!

Adesão a seguros de saúde em baixa

Adesão aos seguros de saúde diminui

 

Apesar de não se verificarem desistências, Tomé Pedroso, administrador da companhia de seguros Tranquilidade, afirma que nos últimos tem-se verificado um decréscimo nas novas adesões a seguros de saúde.

Curiosamente, o recurso às urgências do privado têm aumentado cerca de 20%. 

Perante esta realidade, poderiamos pensar que o sector privado corre o risco de ficar tão sobrecarregado como o público, no entanto, o responsável pela seguradora acima referida, não concorda. Antes, defende que as seguradoras conseguem racionar os custos, procurando qualificar quais os preços adequados e assim garantir os melhores cuidados para o maior número de pessoas que venham a contratar seguros de saúde.

Ressalve-se que o sector segurador representa 10% da despesa no sector privado, sendo que o restante valor é suportado pelo utilizador.

No seguimento do XXI Congresso da APDC, na temática "Saúde e Demografia", Rui Diniz, administrador da José de Mello Saúde alertou que o peso da despesa do Estado em saúde é muito grande e a tendência é para aumentar, dando inclusivé o exemplo que "o Estado gasta mais em saúde do que o IRS de todas as pessoas em Portugal".

Relembre-se que o Serviço Nacional de Saúde paga 65% da despesa em saúde e os particulares suportam 35% da despesa. Valores bem diferentes verificam-se noutros países, como por exemplo, nos Estados Unidos, onde a despesa do privado chega aos 45%.

Neste congresso foi feito o alerta para que haja uma melhor comunicação entre os sectores público e privado.

 

Maria Garcês
adesão a seguros de saúde em baixa - Dúvidas e Questões

Maria Garcês Comentado há 10 days 5 months 2 years

Partilhe com a comunidade do Meu Portal Financeiro as suas dúvidas ou opinião.

Receber notificações por email sobres deste tópico?

» Comentar agora! »

Outras respostas: (0)

Estimado usuário, por favor verifique a sua situação económica antes de assumir qualquer compromisso com os nossos parceiros. O Meu Portal Financeiro apenas disponibiliza e actualiza informação financeira, não sendo responsável pelos produtos apresentados. O conteúdo está actualizado até à data mostrada em cada página. Se quiser fazer alguma actualização, por favor envie-nos a sua sugestão para: info@meuportalfinanceiro.pt