• Pesquisar
  • Categorias
  • Registar
  • Login

Apenas 39% dos segurados conhece o seu seguro

De acordo com um estudo desenvolvido para a Seguro Directo, cerca de 60% dos portugueses desconhece a informação contida nos documentos enviados pela seguradora. 

Os cookies permitem-nos optimizar os nossos serviços. Ao utilizar o nosso site, concorda com a nossa política de utilização de cookies. Saiba mais.

Sim, aceito.
Seguro Automóvel à medida do seu carro...e do seu bolso!

Seguro Automóvel à medida do seu carro...e do seu bolso!

Compare os melhores LowCost de Luxo. Grátis e sem compromisso.

Ao clicar concordo receber comunicações de marketing directo enviadas por meuportalfinanceiro.com e pelos nossos Parceiros
SIMULAR

60% dos portugueses não lêem a informação enviada pelas seguradoras

Apenas 39% dos segurados conhece o seu seguro
  • Conhece, efetivamente, o seguro que contratou?

Numa altura em que poupar é a palavra de ordem, poucos são os portugueses que sabem que ao ler a informação fornecida pela seguradora poderá baixar o prémio do seguro automóvel. 

O estudo recente desenvolvido para a Seguro Directo revela que apenas 39% dos portugueses lê a informação relativa ao seguro automóvel que é enviada pela seguradora. Os números demonstram que são poucos aqueles que conhecem o produto que contratam. 

No mesmo estudo podemos verificar que menos de metade dos tomadores de seguros automóvel renegoceiam o mesmo e isso representa, para a Seguro Directo, um perda fundamental para seguradora e segurado. Por um lado, o desconhecimento de outras ofertas e coberturas do próprio seguro pode levar à contratação de produtos desadequados às necessidades e, por vezes, a valores de prémio superiores ao existente. É tempo de conhecer o que compra e, para isso, é essencial que conheça o produto que está a pagar para que possa fazer uma análise ajustada do binómio custo/beneficio. Mas para a Seguro Directo a falta de informação por parte do segurado poderá levar à existência de problemas já que o consumidor poderá estar à espera de algo que simplesmente não existe e isso levanta problemas de confiança na marca. 

 

Se tiver dificuldade em perceber a linguagem contida na informação enviada pela seguradora, antes de desistir e guardar os documentos, o melhor mesmo é contactar a sua agência de seguros e pedir que o ajudem a decifrar a mensagem. Desta forma, ficará a saber que o prémio do seguro é o valor pago pelo mesmo e não aquilo que receberá por não ter sinistros e ficará também a saber que tem apenas 8 dias para participar um sinistro. Estranho estar a falar disto? Poderia ser, mas o estudo da Seguro Directo revela que mais de metade dos segurados não está familiarizada com estes termos ou desconhece por completo estas regras. 

 

Quando não há necessidade de recorrer à seguradora devido a sinistros, a maioria das pessoas considera todas estas informações pouco relevantes. Mas a verdade é que o desconhecimento poderá implicar insatisfação. A Seguro Directo considera que parte do problema é também das seguradoras por não utilizarem uma linguagem simples e acessível a todos. No entanto, o setor tem vindo a esforçar-se no sentido de melhorar as relações entre empresa e consumidor. 

 

Cerca de 41% dos inquiridos neste estudo revelam que o preço é o factor preponderante na hora de escolher um seguro, contra 35% que considera a qualidade a benesse a manter. No entanto, poucos são aqueles que anualmente renegoceiam as suas apólices. Estranho, certo? Ao ler a informação enviada pela sua seguradora, poderá poupar alguns euros ao final do ano, através da renegociação. São uns minutos que perde, mas algum dinheiro que deixa de gastar. Poderá valer a pena o sacrifício.

 

 

 

 

Maria Garcês
60% dos portugueses não lêem a informação enviada pelas seguradoras - Dúvidas e Questões

Maria Garcês Comentado há 8 days 5 months 2 years

Partilhe com a comunidade do Meu Portal Financeiro as suas dúvidas ou opinião.

Receber notificações por email sobres deste tópico?

» Comentar agora! »

Outras respostas: (0)

Estimado usuário, por favor verifique a sua situação económica antes de assumir qualquer compromisso com os nossos parceiros. O Meu Portal Financeiro apenas disponibiliza e actualiza informação financeira, não sendo responsável pelos produtos apresentados. O conteúdo está actualizado até à data mostrada em cada página. Se quiser fazer alguma actualização, por favor envie-nos a sua sugestão para: info@meuportalfinanceiro.pt